Grupo local vai investir R$ 20 milhões em startups

Com a missão de incentivar o desenvolvimento de startups da região, será lançado nesta segunda-feira (25/4), em Gravataí, o Grupo de Investidores Ventiur PradoTech. A iniciativa – fruto de parceria entre a Prefeitura de Gravataí, a Aceleradora Ventiur e o parque tecnológico PradoTech, em construção no município – terá um orçamento de R$ 20 milhões para acelerar novos negócios. A meta é ajudar empreendedores a se desenvolverem e ampliar sua base de clientes.

O Grupo atuará como o braço de investimentos do PradoTech, empreendimento lançado em dezembro passado, que espera atrair 120 empresas âncoras e startups. O veículo de investimento selecionará startups em fase de validação e tração, com objetivo de investir entre R$ 200 mil e R$ 1 milhão em cada uma. O primeiro processo de seleção e aporte deve ocorrer já no segundo semestre de 2022.

Serão buscados negócios de setores como Tecnologia da Informação, Comunicação e Convergência Digital, Inteligência Artificial e Internet das Coisas (IoT), Novos Materiais, EdTechs, Nano e Biotecnologia, Robótica, Indústria 4.0, Logística 4.0, Govtechs e Deeptechs.

De acordo com o prefeito de Gravataí, Luiz Zaffalon, estes novos negócios são muito importantes para o desenvolvimento da cidade, que, por meio de uma secretaria especializada, fomenta estas atividades. “Temos investido muito nesta área, incentivando o crescimento de startups e capacitando nossa população para este novo mercado, inclusive, dentro das escolas”, ressaltou Zaffalon.

O prefeito ainda destacou que diversas áreas, como a gestão educacional, podem ser potencializadas com estas novas startups. “Temos o exemplo das EdTechs, que servem de base para Educação 4.0, trazendo soluções inovadoras em diversas áreas do conhecimento e da capacitação, o que vai de encontro com o nosso programa Educação Conectada com o Futuro, que tem revolucionado este tema”, disse Zaffa, ao lembrar que, em Gravataí, foram adquiridas uma lousa digital para cada sala de aula.

“Ter um mecanismo de investimento próprio é fundamental para alavancar startups de alta qualidade tecnológica: elas crescem, pois podem se expandir e escalar, e, também, pelo aprendizado que uma jornada de investimento oportuniza”, explicou Susana Kakuta, CEO do PradoTech.

Aos investidores, o objetivo do Grupo é gerar retorno de dez vezes o valor aportado, com desinvestimento em cerca de sete anos. Além do retorno projetado, os investidores poderão participar diretamente da seleção, ajudar a mentorar as startups e ter acesso privilegiado às inovações. O Grupo de investidores está em plena formação, podendo ser na forma de investidores individuais e investidores corporativos.

“Este é mais um importante passo na consolidação do ecossistema do PradoTech. Com a parceria estratégica da Ventiur, conjugamos e viabilizamos a oportunidade de investir em startups diferenciadas”, afirmou Carlos Gerdau Johannpeter, presidente do Instituto Prado e fomentador ativo do projeto.

O lançamento do Grupo de Investidores Ventiur PradoTech ocorrerá em evento para convidados às 18h, no Espaço Parador del Prado, no Prado Bairro-Cidade, em Gravataí.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade