Gravataí tem 41 casos confirmados de dengue

Para eliminar a proliferação do mosquito, é fundamental a eliminação dos criadouros

De acordo com o último boletim epidemiológico da Vigilância Municipal em Saúde (Viemsa), o município registrou, até o momento, 41 casos confirmados da doença, sendo 33 autóctones (contraídos na cidade) e oito importados. Dos 378 casos notificados, ao menos 73 foram descartados e outros 264 estão em análise.

“Nossas equipes realizam trabalho permanente e diário de combate ao Aedes aegypti, além de atender às denúncias. Reforçamos que é muito importante que as pessoas façam a sua parte, não deixando água parada, bem como seguindo todas as recomendações preventivas”, destacou o secretário municipal da Saúde, Régis Fonseca. O titular da pasta alertou que, em caso de sintomas da doença, os gravataienses procurem uma unidade de saúde mais próxima para os devidos cuidados.

Além disso, a prefeitura reforça que tem promovido diversas ações contra a dengue nos bairros do município, com o objetivo de controlar a proliferação e a identificação de focos do mosquito Aedes aegypti. Agentes de Combate a Endemias (ACE) realizaram fumacê em bairros como Bom Sucesso, Centro, Morada do Vale, Parque dos Anjos, São Vicente e Vila Rica.

Além disso, o trabalho de prevenção é feito, diariamente, pelas equipes da Viemsa por meio de visitas domiciliares e em pontos estratégicos, como cemitérios, borracharias, floriculturas, ferros-velhos e depósitos de material de construção, além do atendimento às denúncias. Para eliminar a proliferação do mosquito, é fundamental a eliminação dos criadouros.

Como eliminar focos de dengue:

  • Mantenha a caixa d’água bem fechada;
  • Encha os pratos de vasos de plantas com areia;
  • Guarde pneus em locais cobertos;
  • Mantenha a lixeira bem fechada e descarte o lixo corretamente;
  • Remova folhas e objetos das calhas;
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais.

Sintomas da doença

Caso apresente alguns destes sintomas, procure uma unidade de saúde mais próxima

  • Dor de cabeça;
  • Febre alta;
  • Dores musculares e nas articulações;
  • Manchas vermelhas na pele;
  • Dor atrás dos olhos;
  • Náuseas e dores abdominais;
  • Em casos mais graves, pode haver hemorragia e perda de líquido.
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade