Permanência da UTI no HSAP interessa a todos

A permanência da UTI Provisória para atendimento da Covid-19 tem sido um assunto muito presente em toda a comunidade. A coordenadora administrativa do Hospital de Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia, Rubia Wingert, afirma que há um interesse muito grande em sua manutenção após a pandemia, tanto da administração do hospital quanto municipal. Por tratar-se de uma gestão compartilhada e realizada pela Santa Casa, o prefeito e os vereadores também desejam muito manter a UTI em Santo Antônio da Patrulha para atendimento da população local, porém, a decisão final é do Estado.
“Como os leitos de UTI são custeados e gerenciados pelo Estado, uma série de reuniões serão realizadas para definir se os leitos de UTI serão mantidos, até porque está sendo construída uma área para alocar a UTI e já estamos até mesmo arrecadando recursos para essa finalidade. Assim, precisamos saber qual a intenção do Estado, de nossa parte, nós já manifestamos esse interesse”, explica Rubia.

CAMPANHA
Sobre a campanha Doe Vida, focada na arrecadação de recursos para a estruturação da UTI, a coordenadora administrativa afirma que está havendo um resultado bem positivo e que uma prestação de contas será feita ainda durante a campanha. Através dessa iniciativa, muitos equipamentos para a UTI já foram adquiridos, como monitores e um pressurizador de ar comprimido, pois, até então, a rede era ligada em cilindros e hoje, com o pressurizador, não depende mais de movimentação manual.

CIRURGIAS
Os procedimentos cirúrgicos estão prestes a serem reativados no hospital. Atualmente, a engenharia da Santa Casa está realizando um estudo de viabilidade em outras áreas do hospital, no sentido de viabilizar a manutenção dos leitos de UTI e retomar as cirurgias. Como se sabe, a UTI para Covid está dentro do Centro Cirúrgico e, por isso, as cirurgias ainda não foram retomadas. Assim, estão sendo feitos estudos nas áreas de convênios e internações para ver o que será mais viável. “Mas queremos, sim, retomar as cirurgias”, conclui Rubia Wingert.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade