Gravataí começa vacinação de profissionais da Educação em drive-thru, na GM

Imunização terá início às 9h desta quinta-feira e deverá receber em torno de mil professores da rede municipal das séries iniciais

A Prefeitura de Gravataí, por meio das secretarias municipais da Saúde (SMS) e da Educação (SMED), iniciará a vacinação dos profissionais da educação municipal, em um drive-thru, nesta quinta-feira, 13, na entrada principal da General Motors (GM), na Avenida General Motors, 2000, via paralela à BR 290 (Free Way).
A ação ocorrerá das 9h às 16h e contemplará aproximadamente mil professores, da educação infantil ao 5º ano, que permanecem ativos em sala de aula.

Os detalhes da vacinação foram tratados em reunião online na tarde desta quarta-feira, 12, entre os secretários Régis Fonseca, da Saúde; e Sonia Oliveira, da Educação; junto com representantes da GM Sergio Capalbo e Marcos Martins, diretor do Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (Ciag) e gerente de manufatura, respectivamente.

Conforme a secretária Sonia Oliveira, esses primeiros professores serão vacinados em um prazo de dois dias, seguindo com os profissionais das séries seguintes e finalizando com os demais funcionários.
A expectativa é de que durante todas as etapas sejam vacinados, aproximadamente, 3.200 profissionais da educação.

“Estamos seguindo os procedimentos adotados pelos demais municípios, sempre de acordo com a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e atendendo ao Plano Nacional de Imunização (PNI)”, explica o secretário Régis.
O drive-thru terá também a participação de agentes da Secretaria Municipal para Assuntos de Segurança (Smasp), por meio da Guarda Municipal, e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semurb). “Estamos mobilizados para mais essa etapa importante no processo de vacinação, avançando de forma tranquila e segura, para que logo tenhamos o maior número de pessoas imunizadas”, reforça Régis.

Conforme a coordenadora da Vigilância em Saúde (Viemsa), Vanessa Prates, também nesta quinta-feira a prefeitura começa a vacinar pessoas com comorbidade a partir dos 35 anos.
Ela explica que a vacinação dos profissionais de saúde não irá comprometer o andamento do cronograma que vem sendo cumprido.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade