Em Imbé, mãe mata o próprio filho e joga o corpo no rio Tramandaí

Um crime chocante ocorreu no município de Imbé, quando a mãe de uma criança, de apenas sete anos e que vivia em uma pousada com uma companheira, está sendo acusada de matar o próprio filho, jogando o corpo no Rio Tramandaí.

Em seguida, a suspeita e sua companheira comunicaram na quinta-feira desta semana à Brigada Militar e à Polícia Civil de que a criança havia desaparecido. No entanto, ao ouvir os depoimentos de ambas, os policiais constataram que elas entraram em contradições e a mãe acabou confessando que deu um medicamento à criança, sendo que após, com o apoio de sua companheira, colocou o corpo em uma sacola de viagem e foram até à margem do rio, jogando o corpo da criança na água. O fato aconteceu no começo desta semana.

Ambas foram presas em flagrante. O delegado Antônio Carlos Ractz disse que em sua vida de policial jamais atendeu crime tão chocante. A mãe tentou justificar a morte da criança, afirmando que não gostava do filho. O menino era mantido amarrado dentro de um roupeiro e ela, sequer dava comida à criança.

O crime está causando grande revolta em todo o Estado e também no país.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade