Economista Patrícia Palermo fala do Cenário Econômico no Sindilojas

O Sindilojas Gravataí realizou palestra sobre o Cenário Econômico 2022: Certezas e Incertezas para o varejo, ministrada pela Economista-Chefe do Sistema Fecomércio-RS, Patrícia Palermo, na sede da entidade. Mais de 150 pessoas participaram do evento. Após dois anos de pandemia, o mundo foi impactado com graves crises na economia, e por consequência disso, mudanças de hábitos e novas estratégias de negócios se tornaram fundamentais nesta etapa. Quando o sentimento de novas perspectivas começa a surgir, acontece uma guerra para driblar com a esperança de dias melhores. O encontro destacou os principais efeitos do cenário internacional e nacional e suas perspectivas. De acordo com a economista e docente da área, Patrícia Palermo, o cenário atual não é muito otimista, porém as atitudes de cada empresa podem fazer a diferença nos negócios.

Destaques no Cenário Internacional

O mundo vive as sequelas da pandemia e o cenário internacional se mostra num desequilíbrio entre recuperação da demanda e capacidade de atendimento da oferta, interrupções nas cadeias produtivas por falta de insumos e componentes, aumento dos preços dos fretes, crise energética e, contudo, as pressões inflacionárias começam a crescer.

Nos Estados Unidos (EUA), a economista ressaltou que a inflação foi maior nos últimos 40 anos. Enquanto os preços das commodities aumentam, o orçamento das empresas se torna mais reduzido. E, a guerra entre Rússia e Ucrânia impactou ainda mais este panorama. “A Rússia é a maior exportadora de trigo do mundo e a terceira maior de petróleo do mundo. O Brasil importa mais do que exporta e isso nos mostra a importância que o Brasil tem para a Rússia”, explicou Patricia.

Efeitos da Guerra sobre a Economia Mundial

Aumento da incerteza em relação a redução do crescimento mundial no curto prazo, aumento do preço das commodities energéticas, agrícolas e metálicas, realocação dos fluxos de comércio e de investimentos internacionais.

Panorama Cenário Nacional. E o Brasil?

Em março de 2020, com o início da pandemia, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil esteve em queda em 3,9% e em 2021, o PIB aumento para 4,5%. Segundo a economista Patricia Palermo, que também é docente de economia em diferentes instituições de ensino, a perspectiva para 2022 é que aconteça um crescimento de 0,25% no PIB. “A economia brasileira está se mostrando resiliente frente a guerra. Um cenário de baixo crescimento”, analisou Palermo.

O que fazer para sua empresa crescer?

A professora de economia afirmou que ambientes de baixo crescimento, a tendência é de a concorrência ser maior. “Com a inflação em alta, buscar um diferencial no mercado é fundamental, se destacando com novas estratégias de vendas, investindo na comunicação digital com demonstrações que venham de encontro com a realidade do consumidor estão entre as tendências. Porque o comportamento do consumidor mudou e a ideia é acompanhar e seguir práticas mais rentáveis para o seu negócio”, esclareceu.

Entre os aspectos destacados pela palestrante que interferem na economia brasileira, além do aumento da inflação, estão a alta da taxa de juros, o populismo fiscal e as eleições.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade