Críticas à revitalização da Borges têm explicações da Prefeitura

Uma leitora entrou em contato com a redação para manifestar sua inconformidade com a revitalização que está acontecendo na Avenida Borges de Medeiros.
Ela afirma que fica alterada a originalidade daquela tradicional avenida que faz parte do contexto do Patrimônio Histórico do Município, criticando o prefeito Rodrigo Massulo pela execução das melhorias.
E a crítica inclui também a Pira. Outro leitor quis saber o porquê da retirada da Pira da Pátria.
Já uma patrulhense elogiou a revitalização daquele pedestal que serve para o recebimento da Chama Votiva da Pátria.
Conforme a administração municipal “algumas pessoas ainda têm dúvidas sobre as obras que estão sendo feitas na Avenida Borges de Medeiros, na Cidade Alta, e é importante que a população patrulhense entenda como está se dando todo esse processo.

FOI POPULAÇÃO QUEM INDICOU MELHORIAS
O projeto que está sendo executado, foi viabilizado com recursos oriundos da Consulta Popular de 2018/2019. Naquele momento, a população indicou seu interesse por este projeto especificamente.

LICITAÇÃO FOI EM SETEMBRO DE 2020
A assinatura da ordem de serviço para a execução foi no dia 12 de fevereiro deste ano e foi consequência do processo de licitação iniciado ainda em setembro de 2020, na gestão anterior. As obras estão bem avançadas e contemplam reparos no passeio, trocas de meio fios, novas placas de sinalização, instalação de rampas de acesso, pintura onde for necessário e revitalização da Pira.
“Temos a certeza de que a nossa avenida ficará ainda mais bonita e acolherá com mais qualidade tanto a nossa população quanto os turistas e visitantes”.
A originalidade da Borges, é bom que se esclareça, não foi mudada, porque o casario permanece, com suas características originais e os dois lados da avenida tiveram que receber asfalto para facilitar mais o trânsito, não apenas de veículos, como de pedestre, já que o Centro Administrativo ali se localiza, incluindo Prefeitura e seus órgãos e a Câmara de Vereadores.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade