Bombeiros atendem ocorrências de quedas de árvores em Santo Antônio da Patrulhaa

Chegou o ciclo das chuvas e com ele, os problemas de elevação do nível dos rios e de ventos mais fortes. Uma previsão de ciclone extratropical ocorreu no litoral mas não se confirmou em  em Santo Antônio, conforme afirmou o coordenador municipal da Defesa Civil. De acordo com Miguel Evair há, evidentemente, danos em estradas o que termina causando transtornos no trânsito.
Conforme o Corpo de Bombeiros Militar, houve quedas de três árvores em Santo Antônio, sendo duas no bairro Parque Elite, uma delas acontecendo na Rua Santa Terezinha junto à Escola Espírito Santo e a outra, na Rua dos Imigrantes, 1.256. Em nenhuma delas houve pessoas feridas.
Já no Arroio do Carvalho, a prefeitura de Santo Antônio comunicou a Miguel Evair sobre a elevação do nível do rio, porém até agora, a situação no município de Santo Antônio está sob controle.
TEMPO DEVE SE FIRMAR
De acordo com a MetSul os próximos dias serão de enchentes no Rio Grande do Sul e Santa Catarina em consequência dos volumes excessivos a extremos de chuva. As bacias que mais preocupam são as que têm nascentes ou cruzam geograficamente o Nordeste gaúcho, e o Sul e o Leste catarinense. Os níveis dos rios sobem rapidamente, já existem pontos inundados em zonas rurais e a água alaga trechos de estradas.
O Rio do Sinos apresenta, conforme a MetSul,  risco baixo a médio de cheia. Os volumes de chuva nas nascentes em Caraá e Santo Antônio da Patrulha não foram elevados, mas a soma da chuva que caiu nas cabeceiras com a vazão que receberá do Paranhana vai trazer elevação maior do nível que ocasionalmente pode atingir o status de cheia que, caso ocorra, será de menor proporção.
CARAÁ
No município de Caraá, conforme informa Borges, respondendo interinamente pela Defesa Civil daquele município, a situação é normal, não tendo havido alterações até o momento. O que existe é transbordamento de algumas barragens, porém a situação até agora está sob controle.
Ainda de acordo com Miguel Evair, a partir de amanhã o tempo começa a se firmar com o afastamento do ciclone, mas ainda há chance de chuva fraca no nordeste gaúcho devido ao fluxo de umidade do oceano, porém nas demais regiões o tempo volta a ficarf estável e as temperaturas entram em declínio. Sexta-feira, uma massa de ar seco e frio de origem polar predomina, deixando o tempo firme sobre o Estado, porém com temperaturas baixas e sensação de frio pela manhã e pouca elevação à tarde. A tendência é de tempo firme durante o fim de semana.
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade