Arte na Prefeitura e no Museu marca o início de dezembro

Um espetáculo de arte e cultura marcou à noite de quarta-feira, dia 1º de dezembro, com duas belíssimas exposições que aconteceram em momentos e lugares distintos.
No saguão da prefeitura, o público pode conhecer dez obras do artista plástico João Pedro Krech, que trouxe a exposição “Entre Homens e Cavalos”. Esta ficará aberta para visitação até o dia 14 de janeiro.
Em seu pronunciamento, João Pedro Krech lembrou que os quadros retratam a importância da equitação gaúcha para a formação cultural, desde as primeiras domas, a caça do gado alçado e as guerras que foram peleadas no lombo do cavalo.
Já o artista visual, Guto Monteiro trouxe a exposição “Tempo, Memória e Ruína”. Em sua fala, Guto Monteiro ressaltou que o objetivo é chamar a atenção para a importância de manter as entidades e fundações vivas e atuantes na preservação da memória do povo, principalmente em relação à cidade e ao patrimônio material e imaterial de seus habitantes.
Nos pronunciamentos, a presidente Rosalva Rocha, falou sobre esse momento especial para o Museu, por poder encerrar o ano com essas exposições, apesar de ter sido fechado temporariamente em 1º de outubro por razões estruturais do prédio. “Mesmo assim, o Museu não parou e atualmente, contando com o apoio da prefeitura como um todo, segue e seguirá o seu papel de pesquisar, divulgar e preservar o legado cultural de Santo Antônio da Patrulha”.
O prefeito Rodrigo Massulo usando da palavra saudou o público presente e enalteceu o espírito e a vontade de todos de manter nossa cultura e arte vivas. “O Museu segue com suas exposições, reuniões, planejamentos e projetos descentralizados que vão até mesmo ao interior resgatar as memórias das pessoas. Fico agradecido de ver tudo isso acontecendo em nossa cidade. Agradeço aos protagonistas da noite, João Pedro e Guto, por emprestarem seus talentos, pois os temas nos levam a algumas reflexões”, disse o Chefe do Executivo Municipal, que finalizou seu discurso agradecendo ao Museu pelo trabalho grandioso e desafiador que tem feito pela cultura e preservação da arte na cidade.
Logo em seguida, num segundo momento, os convidados desceram a escadaria da prefeitura e seguiram até à Avenida Borges de Medeiros, em frente ao Museu, onde foram coladas, no estilo lambe-lambe, fotográficas impressas e também dizeres e cartazes com QR codes, nos alambrados de MDF (tapumes) onde estão ancoradas as paredes e a área de segurança para pedestres. Aconteceu também a exibição de vídeos que remetem ao tema proposto pelo artista visual Guto Monteiro.
Também prestigiaram as exposições o vice-prefeito Marcelo Gaúcho, o secretário da Cultura, Turismo e Esportes Cristiano Quevedo, a presidente do Grêmio Literário Patrulhense Ana Clara Maciel, a vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico Ana Zenaide Gomes Ourique, o guardião do Caminho Gaúcho de Santiago Jaime Müller, o Diretor Financeiro Rudinei Ubirajara dos Santos, o Diretor de Trânsito e Segurança Fabrício Alves; os Vereadores Gabriel Menezes Diedrich e Ezequiel Peixoto Muniz, o Assessor Jurídico da Câmara de Vereadores Ângelo Jardim e Virgílio Migliavacca, servidor da Secretaria de Estado da Cultura, além do Grupo Sementinha do Artesanato da localidade de Palmeira do Sertão.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade