Ambiental Metrosul reforça a importância da troca dos hidrômetros vencidos para evitar o corte

Mais de 27 mil hidrômetros com tempo de uso superior a cinco anos ainda precisam ser substituídos na Região Metropolitana de Porto Alegre. A determinação é do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, que atesta ser esse o período de validade para o bom funcionamento do aparelho. As residências que seguem com os equipamentos impróprios mesmo após as pelo menos duas tentativas de troca, e que contrariam as resoluções 467/2018 da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul – Agergs e 003/2021 da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento do Rio Grande do Sul – Agesan, estão sujeitas à suspensão do abastecimento de água.

Os usuários que receberam a notificação da Corsan há 30 dias e não se manifestaram nesse prazo já poderão ter o corte efetivado. Se isso ocorrer, devem buscar os canais de atendimento da Companhia para agendar a troca do HD e então solicitar o restabelecimento do serviço.

O Coordenador de Hidrometria da Ambiental Metrosul, Matheus Reato, destaca que as equipes seguem realizando, gratuitamente, a troca dos hidrômetros antigos por equipamentos mais modernos nos nove municípios atendidos pela Metrosul. “Todos os profissionais estão identificados e com a ordem para a execução dos serviços. Qualquer dúvida ou informação, o usuário deve contatar a Corsan em seus canais digitais de atendimento ou no telefone 0800 646.6444”, reforça. Mais de 182 mil HDs já foram trocados pela empresa desde dezembro de 2020.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade