Alceu Moreira visita a Folha e fala sobre relação com comunidade e sucessão governamental

Esteve em visita à FOLHA PATRULHENSE na tarde de ontem (03) o deputado federal e presidente estadual do MDB, Alceu Moreira.
Recebido pelo diretor-presidente do Grupo 2M Moacir Menezes, o parlamentar disse ter vindo à este município e também à Caraá cumprindo uma agenda porque considera a relação que tem com estas duas comunidades, mais familiar. “Na verdade temos uma história contínua com essas comunidades, incluindo o litoral. E o carinho é muito grande ao estar com vocês, pelo sorriso, abraço, vontade de estar junto e pela posição que ocupamos, porque a política é como se fosse estabelecida por times”.
Moreira referiu os recursos destinados recentemente ao Hospital de Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia, como também para a ponte de Alto Caraá, cujo projeto foi melhorado e que deverá ficar muito bom dentre outros recursos.
Alceu Moreira disse também que o MDB caraense exigiu um rolo compactador que ele vai colocar nas emendas impositivas. “Perdemos a eleição em Caraá, mas proporcionalmente é o município que me dá mais votos e vou continuar ajudando aquela comunidade, bem como Santo Antônio da Patrulha”.
SUCESSÃO
No diálogo com a Folha Patrulhense, o deputado recordou que de sete eleições disputadas pelo MDB para o governo do Estado, o Partido venceu quatro.
Os quatro governadores, como todos sabem, não conseguiram se reeleger. Um dos ex-governadores que estava sendo sondado é José Ivo Sartori, mas ele, conforme Alceu Moreira adiantou, já disse em várias oportunidades que não mais será candidato a governador.
Explicou Moreira que um partido com esta estrutura e este tamanho vai certamente disputar com candidato próprio.
MOREIRA PRÉ-CANDIDATO
Como Sartori não pretende concorrer, o partido não tem candidato natural e nessa condição é pré-candidato, mas esclarecendo que o partido abrirá prazo para a prévia e haverá votação. Tudo, portanto, vai ser decidido em convenção e o nome que for escolhido não terá divisão. Esta decisão deverá sair, no máximo, até 12 de fevereiro do próximo ano.
Depois da visita à Folha, o parlamentar também esteve em contato com o MDB e os vereadores da bancada patrulhense para saber de suas prioridades.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade