Coordenadora do Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa comemora primeiras altas da UTI | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Coordenadora do Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa comemora primeiras altas da UTI

Coordenadora do Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa comemora primeiras altas da UTI

A coordenadora técnica e administrativa do Hospital de Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre afirmou, esta semana, que tanto a administração como os colaboradores celebraram os resultados obtidos com pacientes que conseguiram superar a fase mais grave da Covid, tendo recebido alta da UTI. “Sabemos que o quadro ainda é grave e que ainda há muitos pacientes com a doença altamente letal, mas temos aqueles que estão conseguindo reagir bem”, afirma Rúbia Wingert, acrescentando que na noite de segunda-feira mais um paciente deixou a UTI: “Ele tinha previsão de alta há dois dias, mas esperamos que ele estivesse bem estabilizado. É nossa terceira alta da UTI”, comemora a coordenadora. Na terça-feira, nove pacientes estavam na Unidade de Tratamento Intensivo, mas havia a possibilidade de que alguns dos que estavam na internação clínica fossem transferidos para aquela unidade.

FURTO

O furto de fios de cobre da operadora Oi, que fazem a ligação externa para o interior do hospital, chamou muito a atenção da comunidade e prejudicou muito as atividades daquela Casa de Saúde. “Ficamos privados, momentaneamente, de qualquer possibilidade de entrar em contato com os familiares dos doentes para transmitir o boletim diário, até que fosse descoberta a causa da interrupção nas comunicações. Mas, emergencialmente, uma equipe da Santa Casa conseguiu restabelecer o sistema através de um número provisório daquela instituição, e na tarde desta terça-feira, a situação, mesmo que em caráter emergencial, voltou à normalidade, pois a operadora proporcionou condições para que o telefone geral voltasse a funcionar”.

HEMODIÁLISE

Relativamente ao envio pela Santa Casa de um equipamento de hemodiálise para os doentes de Covid, Rúbia Wingert afirma que se trata de um dos mais modernos até hoje existentes, porque basta que seja programado de acordo com a prescrição médica, para que tudo funcione automaticamente quando o paciente tiver que ser submetido àquele procedimento. Uma equipe de enfermeiros e técnicos fazem treinamento na Santa Casa, em Porto Alegre, para se inteirar de como o equipamento funciona. Há, no momento, um paciente que poderá ser submetido àquele tratamento, porém o nefrologista ainda não definiu se isso deverá ocorrer e quando. Até agora, ninguém foi submetido à hemodiálise no Hospital de Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa.

COMUPA

A coordenadora elogiou a iniciativa do COMUPA, o que muito irá ajudar, pois há materiais de MDF para bancadas e banquetas para a colocação de equipamentos de respiradores de UTI, colchões, coxins, material de higiene de todos os tipos, travesseiros, afora alimentos e lanches para os colaboradores do hospital, pois muitos não têm sequer tempo para fazer uma refeição rápida. “Estamos emocionados e agradecemos de coração, porque percebemos a comoção da cidade em ajudar o hospital, o que não se vê em outros locais, porque aqui, a comunidade realmente abraça nossa instituição. Continuamos recebendo doações”.

LIVE PARA AJUDAR UTI

Na terça-feira, às 20 horas, o vice-prefeito Marcelo Gaúcho promoveu uma live no YouTube do secretário Cristiano Quevedo, que é músico, com o objetivo de obter arrecadações com a finalidade de construção de um novo setor dentro do hospital para abrigar em definitivo a UTI, após passar a pandemia, porque no momento, ela está sendo provisória para atender pacientes da Covid. E, como todos sabem, os dois blocos cirúrgicos foram adaptados para acomodar leitos para os pacientes infectados pelo vírus, pois as cirurgias ali realizadas e que são eletivas, estão temporariamente suspensas devido à necessidade de instalação dos leitos.

HABILITAÇÃO PARA UTI

Na terça-feira, o Ministério da Saúde concedeu a habilitação para os leitos de UTI Covid, e a administração do hospital tem a intenção de construir uma nova ala para sediar a UTI definitiva, mas para tanto, são necessários recursos para essa obra.