Bacana manifesta preocupação com agravamento dos casos de Covid-19 | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Bacana manifesta preocupação com agravamento dos casos de Covid-19

Bacana manifesta preocupação com agravamento dos casos de Covid-19

“Vejo em Santo Antônio um cenário de muita tristeza devido à pandemia”. A manifestação é do presidente da Câmara de Vereadores, que esteve em visita à FOLHA PATRULHENSE, sendo recebido pelo diretor-presidente do Grupo 2M, empresário Moacir Menezes.
João Luís Moreira da Silva, o Bacana disse ter conversado com o prefeito Rodrigo Massulo sobre a situação, quando falaram sobre a bandeira preta e o decreto governamental determinando medidas bastante amargas para tentar conter o vírus. Destacou Bacana que o Ministério Público está cobrando de todos os prefeitos gaúchos a aplicação de tais medidas, baixadas pelo governo do Rio Grande do Sul e que, por isso mesmo, as pessoas devem entender que a medida não parte apenas do prefeito, mas resulta na determinação do governo gaúcho que, neste caso, suspendeu por uma semana a aplicação de protocolos da bandeira vermelha, dada a gravidade da situação.
Hospitais superlotados, sendo um reflexo do que está acontecendo, muitas vezes pelo descumprimento das regras sanitárias, tão importantes para frear o avanço da pandemia, como lembrou Bacana, destacando também os esforços feitos 24 horas por dia pelas equipes médicas e de enfermagem, mas que ultimamente esbarram na impossibilidade de transferir doentes graves para UTIs que estão com lotação acima da média.
Disse o vereador que conversou com um comerciante de uma lancheria que afirmou que, com o decreto, quem vem do interior para cumprir compromissos na sede, vai ter que encomendar sua alimentação pelo sistema pague-leve e fazer a sua refeição até mesmo nas calçadas onde, no entender do conhecido político, as pessoas ficarão expostas ao vírus que podem contrair dos que caminham pelas ruas por passarem muito perto de onde eles estão fazendo suas refeições.
Outro problema sério que muitos citam com o que também concorda Bacana, são as aglomerações, seja em festinhas clandestinas, seja em praças públicas onde o risco de infecção é grande, seja nas aglomerações ao longo da ERS-030. De outra parte ao referir-se ao feriadão de carnaval, disse que foi contra os dois dias estabelecidos o que, no seu entendimento terminou contribuindo para o aumento quase descontrolado dos casos de Coronavírus, recordando que houve municípios que não determinaram feriadão exatamente para evitar que a população terminasse sendo infectada pelo vírus. “É uma situação complicada e o vírus tem levado várias vidas, enlutando famílias”, salientou o presidente da Câmara.
O conhecido político reforça o apelo feito por tantas lideranças no sentido de que a população siga os protocolos porque só assim se conseguirá superar essa verdadeira tragédia que tem causado a morte de tantas pessoas.