Zaffalon acompanha a retomada das aulas presenciais na rede municipal

A terça-feira, 4, foi marcada pela retomada das aulas na rede pública municipal para os alunos da educação infantil e dos dois primeiros anos do ensino fundamental. Para sentir a expectativa de alunos, pais, professores e funcionários das escolas, o prefeito Luiz Zaffalon, acompanhado da secretária da Educação, Sonia Oliveira, presenciou a chegada dos pequenos na Escola de Educação Infantil (Emei) Favo de Mel. “Com essa retomada, gradual e segura, estamos buscando minimizar os efeitos causados, não só no aprendizado, como também no psicológico”, disse Zaffa.

Na entrada, ele pôde auxiliar o pequeno João Pedro Bernardes, de 4 anos, a trocar os tênis. A substituição dos calçados, assim como a verificação da temperatura e o uso de máscara e álcool em gel, são alguns dos passos obrigatórios para a entrada no espaço escolar.

A mãe do menino João, Eliara Bernardes, lembra que a escolha de voltar para aula presencial foi feita pela família, em respeito à vontade da criança. “Temos condições de ficar com o João Pedro em casa, mas ele queria muito retornar, estava ansioso. Então, com todo o cuidado, resolvemos que ele deveria retornar”, explicou ela.

Ao ver os alunos felizes entrando em suas salas de aula, o prefeito Zaffa lembrou que, muitas vezes, sem escola, algumas crianças estavam sendo cuidadas em situações precárias, no que diz respeito aos cuidados com a disseminação do vírus. “Tendo que ir trabalhar e sem ter a escola aberta, os pais acabavam por buscar alternativas, muitas vezes, mais insalubres para as crianças, onde, em uma casa, cerca de 10 a 15 crianças, ficavam aglomeradas. Agora, com as escolas abertas, isso deve acabar”, destacou.

Sobre a situação dos professores e profissionais da educação como um todo, o prefeito reafirmou a sua posição de ter essa classe profissional vacinada com urgência e prioridade. “Estamos lutando pela vacina, porém, neste momento, pedimos a empatia dos professores, já que tantas profissões também estão se expondo, por terem atividades cruciais para a sociedade”, finalizou.

Rotinas modificadas

A diretora da Emei Favo de Mel, Marinez Andrade, disse que a expectativa é receber 23 alunos, com idades entre 3 e 6 anos, ou seja, a metade das crianças matriculadas. Ela explicou que este momento foi muito esperado e planejado. “Estamos realizando todas as ações com todo o cuidado, esperançosos, de que seremos vacinados, em breve, e de que o nosso trabalho é fundamental para o desenvolvimento das nossas crianças. Estávamos com saudades dessa convivência”, revelou Marinez.

O retorno para os alunos do 3º, 4º e 5º anos e Ensino de Jovens e Adultos (EJA), etapas iniciais, está marcado para o dia 10 de maio. Os alunos dos anos finais do ensino fundamental e do EJA, etapas finais, retornarão no dia 17. De acordo com a Smed, o retorno às aulas presenciais não é obrigatório.
A secretária municipal da Educação, Sonia Oliveira, citou que “a Smed está trabalhando para que o retorno se dê da forma mais segura possível para toda a comunidade escolar. É preciso um esforço de todos para que possamos manter as nossas escolas abertas”.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade