Presidente do Cruzeiro morre vítima de Covid-19

Morreu na madrugada desta quinta-feira (29/4), em Porto Alegre, Dirceu de Castro, presidente do Cruzeiro-RS, em decorrência da Covid-19. Ele tinha 66 anos e estava internado na Santa Casa de Misericórdia há cerca de duas semanas.

Dirceu é considerado um dirigente histórico do clube. Presidiu o Cruzeiro entre 2008 e 2013 e levou o Estrelado de volta à elite do futebol gaúcho com o título da Divisão de Acesso em 2010. Ele também foi responsável pelo projeto de construção do novo estádio, a Arena Cruzeiro, e a mudança do clube de Porto Alegre para Cachoeirinha. Em 2019, foi eleito por aclamação presidente para o biênio 2020/2021. Dirceu de Castro deixa três filhos.

A prefeitura de Cachoeirinha decretou luto oficial no município. “Decretaremos luto oficial de três dias pela passagem do amigo Dirceu Castro. Uma perda para a família, os amigos e o esporte! Vai em paz, presidente!”, escreveu o prefeito Miki Breier.

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) divulgou nota de pesar e decretou luto oficial de três dias. Nas redes sociais, vários clubes do futebol gaúcho também lamentaram a morte do dirigente.
“A FGF manifesta profundo pesar pelo falecimento de Dirceu Antônio de Castro, presidente do Cruzeiro, ocorrido nesta quinta-feira (29). Diante da perda irreparável, a Federação presta condolências a familiares e amigos e decreta luto oficial por três dias”, diz a nota da entidade máxima do futebol no Estado.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade