Prefeitura e Santa Casa dão início à obra de ampliação da UTI do Dom João Becker

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, em parceria com a Prefeitura de Gravataí, deu início nesta segunda-feira, 21, a uma das obras mais aguardadas no Hospital Dom João Becker (HDJB): a ampliação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta. Por meio de um convênio, o executivo municipal está repassando cerca de R$ 3,8 milhões para a realização da obra, o que equivale a pouco mais da metade do valor total da iniciativa, que é estimado em R$ 6,6 milhões. Em seis meses, a sua capacidade de atendimento estará 100% ampliada. A área física passará dos atuais 257m² para 515m² e o número de leitos irá subir de dez para vinte unidades. A expectativa é de que a nova estrutura passe a funcionar já nos primeiros dias do ano que vem.

Segundo o prefeito de Gravataí, Luiz Zaffalon, uma das principais metas do governo, ao longo dos quatro anos de gestão, é ampliar e qualificar o atendimento hospitalar em Gravataí. “A Santa Casa, que veio para Gravataí por conta das condições dadas pelo então governo Marco Alba, do qual eu sempre fiz parte, poderá sempre contar com o apoio da prefeitura. Nesta obra, de ampliação da UTI estamos bancando pouco mais da metade do valor por sabermos da necessidade desses novos leitos para termos um melhor atendimento para a nossa comunidade”, disse o prefeito.

Presente na cerimônia de início das obras, o vice-prefeito e médico Dr. Levi Melo, lembrou de sua experiência no hospital, em que, por muitas vezes, viu seus pacientes precisarem de um leito de terapia intensiva. “Como médico e, por atuar, há 30 anos, no HDJB, sei da grande importância que tem essa obra, que duplica o número de leitos na UTI adulto do hospital”, destacou.

Já o secretário municipal da Saúde, Régis Fonseca, destacou que a pandemia reforçou a importância de se ter uma estrutura que possa suportar a demanda de uma cidade do tamanho de Gravataí. “A ampliação da UTI é um dos passos mais importantes que precisamos dar para a qualificação desta estrutura existente. Após, em conjunto com a Santa Casa, trabalharemos para a construção da nova emergência SUS.” Vão ser 18 leitos de internação, dois de isolamento e ambientes de apoio à enfermagem, além de nova estrutura para diálise. “Estamos prestes a vivenciar um marco histórico na saúde de Gravataí. Teremos um hospital com capacitação para alta complexidade em todas as especialidades”, afirmou o superintendente do HDJB, Antônio Weston. A nova UTI irá funcionar no segundo pavimento e atender pacientes, tanto do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto convênios e particulares.

Para a Santa Casa, a ampliação da UTI do Dom João Becker representa uma etapa fundamental do projeto da instituição de qualificar a assistência à população de Gravataí, proporcionando mais saúde a um maior número de pessoas: “Esta ampliação está alinhada ao propósito da Santa Casa, que é oferecer saúde de qualidade a todas às pessoas. E isso só é possível com a melhoria das estruturas de atendimento que, ao proporcionarem mais conforto e segurança assistencial à população, também contribuem fortemente para o desempenho das atividades assistenciais de nossas equipes”, afirmou o diretor-geral, Julio Matos.

União de propósitos
A obra não deve impactar o atendimento da UTI atual. A assistência também não deverá ter modificações expressivas. “Contratamos mais profissionais para dar conta da demanda da UTI covid-19. Quando ficarmos apenas com a UTI clínica teremos o número de médicos e profissionais de enfermagem suficientes para atender a duplicação”, afirmou o diretor médico do hospital, Fernando Issa.

Participantes no ato que marca o início da obra, a deputada estadual Patrícia Alba e o ex-prefeito Marco Alba, falaram da importância de se qualificar, cada vez mais, os serviços de saúde do hospital. “Desde que assumi o comando da cidade, em 2012, trabalhei para que Gravataí tivesse um hospital com condições de atender a nossa comunidade. Fizemos um grande esforço, inclusive com aumento de repasse, para que pudéssemos ter a Santa Casa aqui. Hoje fico muito satisfeito de poder participar deste ato que marca a ampliação da UTI”, disse Marco Alba.

Já Patrícia, destacou o seu empenho na Assembleia Legislativa para que a saúde do município seja cada vez mais qualificada. “Com certeza, faremos o que estiver ao nosso alcance para que a nova emergência também seja uma realidade.” A Nova UTI do Hospital Dom João Becker se viabilizou a partir do apoio da comunidade e do gestor público que entenderam a importância da obra, além de investimentos da própria Santa Casa.

Também estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Gravataí, Alan Vieira, a gerente hospitalar, Louise Chagas, o provedor da Santa Casa, Alfredo Englert, o secretário municipal da Fazenda, Planejamento e Orçamento, Davi Severgnini, a arquiteta Carmela Atolini e a engenheira Juliana Devos.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade