Deputada Patrícia Alba propõe audiência pública para questionar pedágios na cidade

Objetivo, conforme a parlamentar, é com que a discussão seja feita junto com a sociedade

Alvo de polêmicas na última semana, o plano de concessões anunciado pelo Governo do Estado será questionado na Assembleia Legislativa. Já na sexta-feira (18/6), a deputada estadual Patrícia Alba (MDB) anunciou que irá propor uma audiência pública para questionar a instalação de pedágio nas ERS-118, 020 (em Morungava) e 040. O objetivo, conforme a parlamentar, é com que a discussão seja feita em conjunto com a sociedade.

O documento, protocolado pela Comissão de Assuntos Municipais, deverá ser apreciado na próxima semana e convoca prefeituras, câmaras municipais e associações comerciais e industriais da região para o debate.

Segundo Patrícia, a cobrança de tarifa na ERS-118, após passar 14 anos sendo duplicada pelo contribuinte, não se trata da “conclusão que os gaúchos merecem”.

“O cidadão que perdeu ou vê o seu emprego ameaçado pela pandemia e está arcando com mais impostos do que deveria, agora precisa engolir mais essa”, criticou a deputada em suas redes sociais.

O plano de concessões
Detalhado pelo governador Eduardo Leite na última quinta-feira (17), o estudo para o futuro edital prevê a concessão de 1.131km de rodovias estaduais por 30 anos. Ao todo, serão 22 praças de pedágio – 13 novas e nove já existentes e mantidas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) – repassadas à iniciativa privada; duas delas em Gravataí: na ERS-118 e na ERS-020, em Morungava.

As tarifas projetadas podem chegar a R$ 7,39 para a ERS-118. No caso da ERS-020, o valor estimado é de R$ 7,84.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade