Pavimentação da Rua Orêncio Machado Ramos ficará pronta em 40 dias se tempo ajudar

A pavimentação da Rua Orêncio Machado Ramos, que une as artérias Santo Antônio com Francisco Borges de Lima está saindo do papel.
Aquele trecho, que cruza o canal do arroio Pitangueiras, estava em parte sendo utilizado para estacionamento de veículos.
Conforme o empresário Alexandre Mello, que lidera o Grupo DeMello Incorporações, o asfaltamento vai ser possível graças ao apoio de três empresários locais e da prefeitura municipal.
Calcula o investidor do Pátio Urbano que dentro de 30 a 40 dias a Rua Orêncio Machado Ramos, que terá pavimentação em PVS será totalmente diferente das demais, com paisagismo, além de se constituir em importante ligação unindo a Santo Antônio com a Rua Francisco Borges de Lima. Com isso, o fluxo procedente da Cel. Victor Villa Verde, na frente do Banco do Brasil, de acordo com o projeto, será desviado para a Cel. Vicente Gomes, entrando na Serafim Maciel Marques, atravessando a Rua Santo Antônio, ingressando na Orêncio Machado Ramos com saída na Francisco Borges de Lima que terá duas opções: ou prosseguir em direção ao Bairro Bom Princípio, ou então ser importante rota em direção à Cel. Victor Villa Verde, para prosseguir no sentido Santo Antônio-Casa DaColônia.

EDIFÍCIO
Já o edifício está na sua finalização, mas em função da pandemia, a inauguração, que seria entre junho e julho deste ano, vai ficar para novembro, inclusive pela falta de material e da diminuição da mão de obra em virtude das medidas restritivas.
A rua interna que passa por dentro do Pátio Urbano será outro belo investimento, unindo a Cel. Victor Villa Verde à Rua Orêncio Machado Ramos. A praça da alimentação já está cem por cento concluída e agora, com a finalização das obras, serão abertas as lojas que terão frente para a nova rua que está sendo pavimentada.
Alexandre lembra que a nova ligação começou a ser agilizada em virtude do entendimento da atual administração através do prefeito Rodrigo Massulo e do secretário do Planejamento Lucas Kellermann e dos demais, que entenderam a prioridade daquela obra.
NOVO INVESTIMENTO
Por fim, mais uma novidade: onde hoje existem ruínas da cooperativa nos fundos do Pátio Urbano, Alexandre Mello afirma que sua empresa construirá um novo empreendimento naquele local.
Como se observa, teremos uma radical transformação da fisionomia urbana da cidade baixa.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade