Novo decreto altera funcionamento de missas e serviços religiosos

O novo decreto municipal de Gravataí, número 19.023, altera as regras sobre o funcionamento de missas e serviços religiosos. Publicado no último domingo, 4, o documento fixa em 25% a capacidade de ocupação de cada templo. Além disso, as instituições religiosas também deverão exigir o uso de máscaras e o distanciamento mínimo de 1 metro entre cada pessoa, manter o ambiente arejado, medir a temperatura na entrada e disponibilizar álcool em gel para os fiéis. Ainda dentro das medidas do novo decreto, os espaços podem funcionar, diariamente, das 5h às 20h. No entanto, está vedada a abertura para atendimento ao público, bem como a permanência nos recintos e áreas internas e externas de circulação ou de espera nas missas e nos estabelecimentos e serviços religiosos, no horário entre as 20h e as 5h, em todos os dias da semana.

Confira o texto do decreto na íntegra

Os cultos, as missas e as reuniões de quaisquer credos e religiões, nos termos da ADPF nº 701/MG, devem seguir os seguintes protocolos sanitários de prevenção:
I – limitação de presença (no máximo 25% da capacidade), apesar do disposto em regulamentação estadual;
II – distanciamento social de, no mínimo, 1 metro (com ocupação de forma espaçada entre os assentos e, de modo alternado, entre as fileiras de cadeiras ou bancos);
III – observância de que o espaço seja arejado (com janelas e portas abertas, sempre que possível, ou sistema de renovação de ar);
IV – obrigatoriedade quanto ao uso de máscaras nos recintos; disponibilização de álcool em gel e aferição de temperatura nas entradas dos templos;
V – higienização das mãos, dos banheiros e das superfícies de toque com álcool 70% ou solução sanitizante de efeito similar.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade