Município viabiliza exames de espirometria para mais de 500 pacientes

Procedimento é destinado a investigar e monitorar problemas respiratórios persistentes

A Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), viabilizou, desde a retomada dos procedimentos até a realização de exames de espirometria para 503 pacientes. A especialidade é utilizada para medir a quantidade e o fluxo de ar que entra e sai dos pulmões, ou seja, para indicar se a quantidade de ar que o paciente inspira está sendo suficiente para as necessidades do indivíduo ou se há alguma anormalidade nesse processo.

“Essa é mais uma realização do governo municipal, que está concentrando esforços para aumentar a oferta de serviços. Esses exames oferecem assistência à saúde com qualidade e humanização aos nossos pacientes”, destacou o secretário municipal da Saúde, Régis Fonseca.

Durante a primeira fase de exames, que ocorreu entre os dias 16 de maio e 4 de junho, ao menos, 293 pacientes foram contemplados com o teste. Na segunda fase – entre os dias 28 de junho e 15 de julho -, por sua vez, outros 210 exames foram promovidos.

Com o objetivo de seguir investigando e monitorando problemas respiratórios persistentes, uma terceira leva de exames está prevista para ocorrer de 25 a 29 de julho. Firmado em parceria com a iniciativa privada, o contrato de prestação do serviço prevê, além da realização gratuita de exames de espirometria, apoio ao diagnóstico de Doenças Pulmonares Obstrutivas Crônicas (DPOC) – como bronquite, enfisema e outras doenças pulmonares – e campanhas de busca ativa, com o objetivo de possibilitar o devido diagnóstico das doenças pulmonares e diminuir a espera dos pacientes SUS para a realização do exame.

Durante as duas etapas de retomada dos exames, conforme salienta a coordenadora dos Serviços e Ações Programáticas Estratégicas (SAPE), Juliana Fontoura, foram atendidos pacientes com diagnóstico ou suspeita de patologias pulmonares que já tiveram encaminhamentos realizados, anteriormente, via SUS, medida que deve continuar sendo adotada na terceira fase, haja vista a fila de espera de pacientes para atendimento na especialidade.

Fluxo do procedimento

Para ter acesso ao exame de espirometria, o paciente acessa a unidade de saúde de referência, onde o médico faz a avaliação e solicita o exame, mediante o caso clínico do paciente. Esses exames, por sua vez, serão realizados na Unidade Regional Especializada em Saúde do Trabalhador (Urest), com o apoio da equipe que trabalha no local.

Programa Avança – Atenção Especializada

Por meio do Programa Avança – Atenção Especializada, a Prefeitura de Gravataí, a partir da SMS, objetiva ampliar e qualificar o acesso a procedimentos de média e alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar, considerando as necessidades de saúde dos munícipes de Gravataí, no período de 2022 a 2024. Além disso, tem o propósito de construir estruturas equipadas e adequadas para o município, como o Centro de Referência às Vítimas de Violência Sexual (CRVVS) e a Farmácia Municipal.

Entre as ações permanentes do programa, estão a elaboração de novos protocolos assistenciais e novas contratações de consultas, exames e procedimentos, bem como a implantação de soluções de inovação. Também fazem parte das atividades a contratação de mutirões e melhorias nas estruturas físicas dos serviços de saúde.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade