Mobilidade urbana, gestão fiscal e limpeza urbana pautam a última reunião deste ano do Codes

A Prefeitura de Gravataí realizou, na manhã desta quarta-feira, 24, a última reunião deste ano do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Gravataí, o Codes, nas dependências do Teatro do Sesc, no Centro. Nesta edição, foram apresentados temas relacionados à mobilidade urbana, à gestão fiscal e à limpeza urbana. O Codes é um instrumento de participação da sociedade na tomada de decisões estratégicas do governo executivo municipal que conta com a participação de 45 conselheiros da sociedade gravataiense.

O prefeito Luiz Zaffalon, que é o presidente do conselho, falou aos presentes sobre o projeto de lei (PL) 99/2021, que prevê a redução do valor da passagem do transporte público municipal (os branquinhos), em pelo menos R$ 1, e uma série de ações voltadas à mobilidade urbana em Gravataí. Ele destacou que a iniciativa prevê o uso de recursos advindos de royalties de petróleo, resultado de ação ganha na Justiça pela prefeitura, sem reduzir o orçamento de nenhuma área. A proposta, que visa modificar a mobilidade urbana da cidade, e está tramitando na Câmara de Vereadores, inclui melhorias como duplicação e asfaltamento de vias, construção de ciclovias, qualificação dos abrigos das paradas de ônibus e dos passeios públicos.

“O PL 99/2021 significa que Gravataí está dando um passo na busca por soluções para este problema dos grandes centros brasileiros, que é o subsídio e o modelo atual do transporte público. Com ele, vamos conseguir reduzir a tarifa para quem mais precisa, que é o trabalhador que usa o ônibus para se locomover, ou reduzir as folhas de pagamento dos empregadores que pagam os vales-transporte, sem mexer nas gratuidades, neste primeiro momento e, ainda, podendo cobrar da empresa que opera o serviço hoje, melhorias do sistema como a modernização da frota e a possibilidade de mais linhas e horários”, explicou o prefeito Zaffa. Ele ainda fez um apelo para que as pessoas procurem saber sobre o tema, que é “totalmente transparente”, e ajudem a prefeitura para que a comunidade seja corretamente informada.

Gestão Fiscal

O ex-prefeito Marco Alba apresentou o modelo de gestão fiscal implantado em seu governo e que é mantido no governo do prefeito Zaffa, que fez com que Gravataí subisse 443 posições no estado, sendo a segunda entre as grandes cidades mais bem colocadas neste quesito. Os dados são do último relatório do Índice de Gestão Fiscal dos Municípios Brasileiros da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), entre os anos de 2011 e 2020.

“Este grupo político, que continua à frente do município, transformou a realidade fiscal de Gravataí. Se, ontem, foi aprovado na Câmara de Vereadores um projeto de lei que permite o município realizar um empréstimo de R$ 50 milhões para investimentos em infraestrutura, foi porque tivemos competência para realizar a transformação fiscal necessária, por meio da austeridade e estamos fazendo o que deve ser feito, gastando menos do que arrecadamos, para, assim, fazermos o que é a obrigação do serviço público, que é entregar serviços para a comunidade”, disse Alba.

Limpeza Urbana

O secretário municipal de Serviços Urbanos, Paulo Garcia, apresentou uma série de ações do governo que melhoraram os serviços de limpeza urbana da cidade. Entre elas, ele destacou a construção de quatro ecopontos, três já entregues e um que será inaugurado ainda em dezembro, e a transformação de locais, em que antes se tinha descarte irregular de lixo em praças, a exemplo da Praça do Capão que está localizada no bairro Rincão da Madalena. “Com isso, realizamos um grande trabalho, também, de educação ambiental, incentivando a criação do sentimento de pertencimento em crianças e adultos”, disse.

Paulo apresentou o jingle e o mascote da limpeza urbana que serão utilizados em atividades nas escolas do município. “Para engajarmos ainda mais as crianças, serão elas que, por meio de um concurso nas escolas da nossa rede pública de ensino municipal, criarão o nome do nosso mascote”, explicou.

Para marcar ainda mais o tema no Codes, o prefeito Zaffa assinou um decreto que regulamenta a lei de adoção de espaços públicos e tanto ele quanto o secretário lembraram que o cuidado e a limpeza urbana são responsabilidades de todos. Homens e mulheres que trabalham nessa área, representando todos os profissionais que auxiliam na limpeza urbana, subiram no palco e foram aplaudidos de pé. No encerramento da atividade, o secretário da SMSU, Paulo Garcia, convidou os conselheiros para conhecerem os novos caminhões da coleta de lixo doméstico, que estavam expostos na Praça da Bíblia, em frente à prefeitura.

A reunião do Codes contou ainda com a apresentação musical de um grupo de alunos do Colégio Adventista. Também estiveram presentes, a coordenadora do Codes e chefe de gabinete, Mari Léia Bastiani, a deputada estadual Patrícia Alba, o vice-prefeito Dr. Levi Melo, a primeira-dama Marlene Zaffalon, o presidente da Câmara de Vereadores, Alan Vieira, e os vereadores Alex Peixe, Alison Silva, Claudecir Lemes, Carlos Fonseca e Roger Corrêa.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade