Festival do Acordeon lota o Centro Clube e homenageia Pedrinho Show

O IV Festival do Acordeon, realizado na quinta (12), trouxe grandes nomes da música gaúcha para o palco do Centro Clube e muita emoção para o público presente. O evento homenageou o músico patrulhense, Pedro Vicente, conhecido como Pedrinho Show.
As apresentações iniciaram com o gaiteiro mirim Lucas Silva, apadrinhado do idealizador do festival, Samuca do Acordeon. Em seguida o próprio Samuca fez um belíssimo show, trazendo clássicos da música brasileira.
A presença feminina foi marcada pela acordeonista, compositora e professora de gaita, Fofa Nobre, que trouxe sua alegria e talento para deleite do público. A artista ainda falou sobre a importância do projeto Fábrica de Gaiteiros, do qual é uma das instrutoras, que hoje possui uma unidade em nossa cidade.
Em seguida, foi a vez de Luiz Carlos Borges, artista que tem como um dos destaques de sua longa carreira, a parceria de longos anos com a célebre cantora Mercedes Sosa. Borges levou para o Festival um pouco de sua vasta obra e fez o público vibrar.
Também participou do Festival o acordeonista Elias Rezende. Ele encheu a plateia de emoção, demonstrando todo talento e a experiência de quem já dividiu palco com Zezé Di Camargo e Luciano, Agnaldo Timóteo e diversos outros grandes artistas,
A noite fechou com nada menos que Gilberto Monteiro. Considerado um dos mais icônicos acordeonistas do estado, o artista brindou o público com uma apresentação de beleza comovente.
Rodrigo Massulo, prefeito de Santo Antônio da Patrulha, vibrou com a grandeza do Festival, nessa primeira edição presencial pós-pandemia. Ele garantiu a continuidade da festa para 2023.
A edição de 2022, trouxe ainda outra novidade, a presença do artista João Pedro Krech que levou tela e pincéis e pintou durante as apresentações.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade