Artigo: Um dia para ser multiplicado por 365

Nessa segunda-feira (31), comemoramos o Dia Mundial sem Tabaco. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), do Ministério da Saúde, o número de fumantes na população acima dos 18 anos vem caindo de maneira significativa. A pesquisa mais recente, realizada em 2019, aponta que 12,6% dos maiores de idade no Brasil são fumantes. Em 1989, esse número era de 34,8%, ou seja, quase três vezes maior. Ainda assim, é preciso manter as campanhas de conscientização e tentar levar esse índice o mais próximo do zero possível.
Já é fato conhecido que o cigarro causa muitos malefícios a saúde. Os mais conhecidos são o enfisema pulmonar e o próprio câncer de pulmão. O hábito de fumar também pode levar a outros problemas como aumento da incidência de câncer do aparelho digestivo e da boca.
Além disso, devemos considerar o chamado fumo passivo, que é o fato de outras pessoas que convivem com quem tem esse hábito sofrerem os malefícios da inalação da fumaça. Isso contribui para que, também nos passivos, haja o aumento da incidência dessas doenças. A mesma pesquisa do INCA aponta que a proporção de pessoas que não são tabagistas expostas à fumaça foi de 7,9% em casa e 8,4% no trabalho em ambientes fechados. Números preocupantes, pois não há nível seguro de inalação, tampouco de consumo do tabaco.
Também importante mencionar que largar o tabaco é muito difícil e via de regra requer assistência médica especializada, por vezes sendo necessário, inclusive, o uso de medicações específicas. Há que salientar o grande ganho na qualidade e também na quantidade de vida daqueles que conseguem livrar-se do cigarro. Então, sempre é bom lembrar que vale a pena o esforço para abandonar esse hábito. O cigarro também é uma droga e não traz benefício algum para o organismo.

DR. ANTÔNIO WESTON
Superintendente do Hospital Dom João Becker

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade