Aldeia Infantil SOS atende crianças e adolescentes em medidas protetivas por determinação judicial

Atuando na modalidade casa-lar, a Aldeia Infantil SOS, que tem sede em Porto Alegre, está localizada também em Santo Antônio da Patrulha na Rua Marechal Floriano, 367 na Cidade Alta.
Implantada em 7 de janeiro do ano passado, a instituição atende em Santo Antônio, até 20 crianças em situação de vulnerabilidade social, sendo a substituta da Casa da Criança que estava localizada na Rua Cel. José Maciel, abaixo da Igreja Matriz.
Márcia Figueira, coordenadora local, afirma que a Aldeia Infantil SOS atende crianças de zero a 18 anos e são atendidas em duas casas-lares em Santo Antônio por cuidadoras que desempenham a função de Mães Sociais (cuidadora residente). O serviço acolhe crianças e adolescentes em medidas protetivas por determinação judicial, em decorrência de violação de direitos (abandono, negligência, violência) ou pela impossibilidade momentânea de cuidado e proteção por sua família.
Explica a coordenadora que denúncias de maus tratos devem ser encaminhadas ao Conselho Tutelar para que o mesmo faça as devidos encaminhamentos.
O período de permanência varia de caso a caso.
A criança tem frequência escolar e o atendimento é como se ela estivesse em um lar normal.
A prefeitura destina um recurso mensal, por meio de termo de parceria assinado em 2020. Esse repasse é destinado para toda a manutenção do serviço, incluindo a compra de roupas e material escolar. Porém, as doações da comunidade sempre são muito importantes, sendo aceitas, por exemplo, roupas e calçados. Recentemente, uma conhecida loja de rede da cidade fez a doação de roupas para a instituição local.
O telefone para contato é o 3662-5462.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade