Zaffalon participa de reunião para possível compra de vacinas em consórcio com outros municípios

O prefeito Luiz Zaffalon participou na manhã desta quinta-feira, 4, de uma reunião virtual do Consórcio dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) com representantes da vacina Sputnik V. Foi discutida a possibilidade de os municípios comprarem doses do imunizante russo para o combate à Covid-19.

“Estamos buscando alternativas de compra, caso o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde não possa atender a todas as nossas necessidades”, afirmou Zaffa.

Na última quarta-feira, 3, o Ministério da Saúde anunciou a previsão da chegada de 400 mil doses da vacina Sputnik V no Brasil. Mesmo que o imunizante ainda não tenha sido aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), todos os governantes acreditam que este passo é uma questão de tempo. Por isso, o consórcio da Granpal, que trabalha pela aquisição de vacinas pelos municípios interessados, já está fazendo as tratativas com o fornecedor. As doses custam, em média, U$ 10 (dólares).

“É um processo complexo que envolve compra internacional e concorrência grande, já que a demanda é mundial. Através do consórcio da Granpal, poderemos ter mais eficiência”, comenta Zaffa, lembrando que a entidade ainda fará consulta ao Tribunal de Contas do estado (TCE) e ao Ministério Público sobre a legalidade deste processo.

Saiba mais sobre a Sputnik V
A vacina desenvolvida na Rússia é aplicada em duas doses. No mês passado, resultados publicados na revista científica “The Lancet” apontaram que a Sputnik V teve eficácia de 91,6%. Isso significa que, nos testes de fase 3, ela conseguiu reduzir em 91,6% os casos de Covid-19 no grupo vacinado em relação ao grupo não vacinado.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade