Zaffalon fala sobre novas medidas no combate ao coronavírus em sua primeira live

Em sua primeira live após a transmissão de cargo, o prefeito Luiz Zaffalon falou sobre as novas medidas que serão tomadas em relação à pandemia do Coronavírus. Nesta semana, Gravataí passa a adotar as regras da bandeira laranja do Sistema Estadual de Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul. A medida foi possível após ele assinar, no último final de semana, o Plano de Cogestão Regional, juntamente com outros quatro prefeitos dos municípios que integram a região 10 (R10) do mapa definido pelo governo estadual para o monitoramento da pandemia do Coronavírus. Estavam presentes na live, no início da noite do último domingo, 10, o seu vice, Dr. Levi, o secretário da Saúde Régis Fonseca e o secretário para Assuntos de Segurança Pública Coronel Flávio Lopes.

Eles agradeceram as equipes de trabalho e lembraram da importância desses profissionais. Tanto na área da Saúde, quanto os Coletes Verdes, que trabalharam informando a população e todos os demais envolvidos no combate à Covid-19. Zaffalon também explicou como irá funcionar o Plano de Cogestão Regional, assinado pelos representantes de Cachoeirinha, Porto Alegre, Viamão e Glorinha.

O prefeito lembrou que o grande problema é o descumprimento às determinações. “As festas clandestinas, o grande aglomerado de pessoas, esse é o problema. Nossa Guarda Municipal e a Brigada Militar estarão trabalhando para prevenir isso. Nós queremos fazer uma liberação maior e aumentar os serviços. Precisamos gerar empregos e retomar a nossa economia. Não podemos penalizar a sociedade de uma forma tão aguda”, ressaltou.

Também foi anunciado um novo decreto, com as regras que devem ser seguidas a partir da sua publicação. O vice-prefeito salientou a necessidade de mantermos os cuidados e seguir respeitando o uso da máscara, álcool em gel e o distanciamento interpessoal.

Saiba como ficaram algumas das novas regras do distanciamento social adotado por Gravataí:

Eventos
– permitidos de uma forma geral ambiente aberto ou fechado
– com limite de 70 pessoas*
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico
– pedido de autorização, conforme número de pessoas (trabalhadores e público) presentes ao mesmo tempo:
Até 300: protocolos sanitários estaduais e municipais;
*Eventos sociais e de entretenimento em ambiente aberto, com público em pé é de acordo com a capacidade do PPCI.
– Sem alimentação e bebidas: 50% da capacidade
– Com alimentação e bebidas: 40% da capacidade

Clubes Sociais
– aberto para lazer
– abertas áreas comuns (piscina, academia), com distanciamento de 10m2
– 50% trabalhadores
– 50% lotação
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Piscinas em Geral
– autorizadas de uma forma geral, com ocupação de 1 pessoa a cada 10m2

Academias
– 1 pessoa a cada 10m2
– 50% trabalhadores
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Condomínios
– 75% trabalhadores
– permite áreas comuns
– distanciamento 4m
– academia autorizada de forma geral, com ocupação de uma pessoa a cada 10m2
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Serviços de forma Geral (imobiliárias, lavanderias, etc)
– 50% trabalhadores
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico
Obs.1: Advocacia e contabilidade: 75% dos trabalhadores.
Obs. 2: Continua sendo, preferencialmente, teletrabalho.

Missas e Cultos
– 30% do público
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Restaurantes, bares e shoppings
– sem restrição de horário
– 50% de lotação
– 50% trabalhadores
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Shoppings (comércio não essencial)
– sem restrição de horário
– 50% trabalhadores
– 50% ocupação
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Shoppings (comércio essencial)
– 50% trabalhadores
– 50% da lotação
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Bancos e lotéricas
– 75% trabalhadores
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Comércio essencial (supermercados, farmácias)
– sem limite de ocupação
– 75% trabalhadores
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

Comércio não essencial de rua
– 50% trabalhadores
– sem restrição de horário
– elaborar plano de prevenção e combate ao Covid-19 assinado pelo responsável legal e/ou Responsável Técnico

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade