Zaffalon apresenta projeto para equacionamento de parte do bilionário déficit previdenciário

No final da manhã desta quinta-feira, 6, o prefeito Luiz Zaffalon, acompanhado da diretora-presidente do Instituto de Previdência de Gravataí (IPG), Janaína Balkey, e do secretário municipal da Fazenda, Davi Severgnini, apresentou aos presidentes do Sindilojas, José Rosa, e da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Gravataí (Acigra), Ana Cristina Pastro Pereira, o projeto que visa a equacionar parte do déficit bilionário previdenciário do município. Considerado vital para o equilíbrio das contas e capacidade de financiamento de serviços públicos, o projeto de lei que visa ao equacionamento do déficit previdenciário prevê medidas implementadas pela União, estados e municípios que já fizeram suas reformas, conforme a EC 103/19. “O déficit é de mais de R$ 1,1 bilhão e temos que agir imediatamente, reescrevendo as regras de aposentadoria e financiamento da previdência, tornando-a sustentável, sob pena de ou vermos a inviabilização do município ou vermos o fim da previdência dos servidores em pouco tempo, já que a capacidade de financiamento pelo Poder Executivo não é infinita”, afirmou o prefeito.
“Acreditamos na compreensão da sociedade, dos servidores e, especialmente, das representações políticas na Câmara de Vereadores. É neste sentido que venho me reunindo e apresentando números e medidas, pois acredito que a pauta é de interesse de todos os gravataienses”, comentou Zaffa.
Em outros encontros também estiveram reunidos no gabinete do prefeito as representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública Municipal de Gravataí (SPMG), Vitalina Gonçalves e Silvina Assis Peres da Silva; e a presidente do Sindicato dos Municipários de Gravataí, Neuza Vicentini.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade