Zaffa participa de seminário sobre o enfrentamento da crise hídrica

O prefeito Luiz Zaffalon esteve presente, na manhã de terça-feira (17/5), na sede da Farmurs, em Porto Alegre, participando do seminário S.O.S Água, promovido pela Granpal, que tratou sobre medidas para o enfrentamento à crise hídrica nas bacias dos rios Gravataí, Guaíba e dos Sinos. “Estamos lutando muito para garantir o abastecimento da nossa cidade, e este encontro serviu para debatermos sobre alternativas e unirmos forças em prol deste problema, que também afeta outras cidades gaúchas”, destacou Zaffa.

Para tratar sobre a crise hídrica, o seminário foi dividido nos temas “alternativas de regularização de vazão”, cobrança pelo uso dos recursos hídricos e jornada para a segurança hídrica, em uma organização que selecionou mediadores, painelistas, debatedores e ainda disponibilizou um espaço para participação externa.

Como mediador do segundo tema, o prefeito Luiz Zaffalon recebeu o engenheiro civil Rodrigo Flecha, ex-superintendente de regulação da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, que apresentou o panorama de estados que utilizam da cobrança pelo uso dos recursos hídricos como forma de obter fundos para investir na melhorias de bacias hidrográficas.

O primeiro assunto ficou sob a mediação do prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, e o terceiro, que seria liderado pelo prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata, foi suspenso em virtude da previsão dos fortes temporais na parte da tarde.

Luta pelo abastecimento da cidade

O prefeito Luiz Zaffalon vem buscando diversas alternativas para melhorar o abastecimento da cidade. Em junho do último ano, após muitas cobranças do governo municipal, foi assinada pela Corsan a ordem de início para a construção do novo reservatório de água, em aço vitrificado, com capacidade para 3 milhões de litros, que irá atender a região da Morada do Vale. As obras do reservatório estão acontecendo a pleno e deverão ser finalizadas ainda este ano.

Além disso, como forma de evitar novos períodos de estiagem, Zaffalon vem cobrando a agilidade do Governo do Estado na construção de 13 microbarragens, que permitirão auxiliar o abastecimento da cidade em épocas de seca. Para estas obras, os recursos estão disponíveis desde 2012, mas não há muitos avanços para executá-las de fato.

Este assunto foi tema de muitas reuniões junto à Granpal, o que levou a realização de um seminário que reunisse os municípios em prol do abastecimento. Como resultado deste encontro, também foi estabelecido um fórum permanente para debate. “Fui um dos idealizadores deste seminário. Fico muito feliz que este tema saiu do papel e que temos tantas pessoas interessadas em unirem-se por melhorias”, ressaltou Zaffa.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade