TRE cassa mandato de Miki Breier e Maurício Medeiros

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) decidiu, por 7 votos favoráveis e nenhum contrário, cassar o mandato do prefeito afastado de Cachoeirinha, Miki Breier (PSB), e do vice-prefeito e atual chefe do Executivo em exercício, Maurício Medeiros (PTB). Ambos foram eleitos para os respectivos cargos, na cidade da região Metropolitana, em 2020.

Além da cassação dos diplomas, o TRE decidiu multar Miki Breier em R$ 21.272, além de deixar o político, pelos próximos oito anos, inelegível. Já Maurício mantém os direitos políticos, apesar de perder o diploma de vice.

O pedido de cassação do mandato dos gestores públicos levou em conta denúncias de partidos de oposição por crimes de abuso de poder político e econômico durante o período eleitoral.

Com a decisão do TRE-RS, o presidente da Câmara Municipal, Cristian Wasem (MDB), assume a prefeitura de Cachoeirinha após a publicação do acórdão, que deve ser formalizada nos próximos dias. O emedebista fica no cargo até que novas eleições sejam realizadas, em um prazo de 90 dias.

Em paralelo, as defesas de Miki Breier e Maurício Medeiros ainda podem apresentar recurso diante da decisão da Justiça Eleitoral gaúcha.

Informações Rádio Guaíba.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade