Tonete diz que combate às máquinas caça-níqueis vai continuar

Lamentando que muitos pais de família recebem seus salários e os terminam gastando nas máquinas caça-níqueis, deixando de dar sustento às suas famílias, o delegado de Polícia de Santo Antônio da Patrulha afirmou que estas operações terão continuidade.
“Aparentemente parece ser um crime menor e inofensivo, mas não, porque por trás destas aparentemente inofensivas máquinas caça-níqueis, existem quadrilhas especializadas em lavagem de dinheiro e de tráfico de drogas”, denuncia Valdernei Tonete.
APREENSÕES CONTINUARÃO
O delegado disse que a Polícia Civil está sempre pronta para coibir tais práticas e apreender todas as máquinas que existem e cujos pontos possam ser denunciados. Inclusive apela a todos para que, caso saibam da existência destes equipamentos e dos locais, que denunciem às autoridades policiais, pois garante sigilo absoluto sobre a identidade de quem informa à Polícia.
“Podem ter toda a certeza de que tomaremos todas as providências, solicitando busca e apreensão junto ao Poder Judiciário e assim que tivermos os mandados em mãos, iremos apreender mais máquinas”, garantiu Tonete.
PENAS
Quem for preso pela prática desses crimes, salienta o Delegado de Polícia Civil de Santo Antônio da Patrulha, serão incursos como infratores, de acordo com o que determina o artigo 50, do Decreto Lei 3688/41, que é a lei de contravenções penais, estipulando penas que vão de 3 meses a um ano de prisão e multa. “Porém, infelizmente, ninguém neste país vai para a cadeia por esta prática delituosa, mas se conseguirmos prendê-los ao menos por 15 dias, ninguém mais colocaria estas máquinas para tomar o dinheiro desses pobres coitados, pois a pessoa, na boa fé, vai e bota seu rico dinheiro conquistado com o suor do seu rosto na ilusão de que vai ganhar algum valor, mas isso não é verdade”, desabafa o titular da DP patrulhense.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade