Secretário da Saúde apela à comunidade para que faça a segunda dose

O secretário municipal da saúde afirmou que a vacinação segue um bom ritmo com a aplicação das primeiras doses de imediato, quando da chegada no município, sempre seguindo os critérios recomendados pela Secretaria Estadual da Saúde. “O que solicitamos é que a comunidade faça a segunda dose, isso aumenta a capacidade imunológica, diminuindo muito os riscos de agravamento da Covid-19 em caso de infecção, principalmente agora com a confirmação da variante Delta em transmissão comunitária no Rio Grande do Sul”, destaca Antônio Selistre.
IMUNIZAÇÃO ATÉ FIM DESTE MÊS
Quanto à previsão de imunização com a primeira dose até final deste mês, Selistre disse que o governo estadual prevê completar a vacinação do RS até o final de agosto. “Nosso compromisso é de aplicar as doses imediatamente a sua chegada no município. A dedicação da equipe de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde garante isso. Nossa expectativa é de que toda população até final de agosto seja vacinada com a primeira dose, precisamos mais segurança frente à pandemia com a população já vacinada”.
REDUÇÃO DAS IDADES
De outra parte salientou o secretário que a redução das idades depende sempre do quantitativo que recebemos e da procura da população por essas doses disponibilizadas, assim nós vamos avisando tão logo o movimento diminua a cada jornada de vacinação. “O que queremos evitar são longas filas ou deixar de atender a faixa etária alvo. Entendemos que a organização desta forma está correndo muito bem e não tem tido muitos problemas. Temos tido um ritmo normal frente aos outros municípios”.
VARIANTE DELTA
Relativamente à variante Delta, o secretário Toninho Selistre disse que não há notícia de infecção pela variante Delta na cidade, mas a confirmação de caso nos municípios próximos deixa a todos muito apreensivos e preocupados. Já está comprovado que ela tem alta capacidade de transmissão, necessitando aumento dos cuidados. “Caberá agora a consciência individual de cada um no uso máscara, higiene pessoal, uso de álcool em gel, lavagem de mãos e sobretudo, manutenção do distanciamento assim como evitar aglomerações. O momento é muito sensível” .
IMUNZAÇÃO FRENTE À NOVA VARIANTE
Sobre mais chances de não ser infectado pelo novo vírus, caso já tenham feito as duas doses, Selistre explicou que quem já fez as duas doses tem mais chances de não contrair a doença ou não haver agravamento em caso de pegar o vírus, porém, não é garantia, mesmo vacinado há riscos por isso a necessidade de manter os cuidados já mencionados. “A equipe da Saúde está fazendo a sua parte, cabe a população fazer a sua: acreditar na fragilidade do momento e continuar se cuidando”, concluiu o secretário municipal da Saúde.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade