Retomadas as obras de revitalização da avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira

Teve início nesta semana a construção das baias de concreto das paradas de ônibus dos trechos 3 e 4 da avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira. A extensão, compreendida da parada 63 (nas proximidades da ponte do Arroio Barnabé) até a parada 74 (nas proximidades do viaduto sobre a ERS-118), já havia recebido asfalto e sinalização viária totalmente novos. A obra faz parte da revitalização total da avenida Dorival iniciada no último ano do governo Marco Alba e, que tem continuidade, agora, no governo do prefeito Luiz Zaffalon.

Segundo o secretário substituto de Mobilidade Urbana, Guilherme Ósio, esta etapa da obra estava na dependência da chegada do aço – material imprescindível para a fabricação do concreto. “A previsão do fornecedor é de entregar o aço na primeira semana de abril. Por isso, a empresa que venceu a licitação iniciou a escavação das baias”, explicou Guilherme.

O prefeito Zaffalon destacou a importância da revitalização da avenida Dorival de Oliveira para o município. “Estão sendo realizadas melhorias importantes para o sistema de transporte público e para a mobilidade, como um todo. Uma boa via facilita, o ir e vir, dando mais qualidade de vida para aqueles que, por ali, trafegam”, disse.

Reciclagem de material

O trabalho iniciou na parada 63. Os material que estão sendo retirados com a escavação, como piso PVS e areia, serão reciclados e utilizados em outras obras do município. Ao todo, devem ser salvos e recuperados 2 mil metros cúbicos de areia e 6 mil metros quadrados de PVS (pavimentação intertravada com blocos de concreto). Todos os materiais estão sendo levado para a Usina de Asfalto, onde serão selecionados e reciclados. Os pisos poderão ser usados nos ecopontos e escolas, enquanto a areia terá como provável destino as obras de drenagem e patrolamento.

A obra de revitalização

A avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira terá toda a sua extensão (16,2 quilômetros), composta por duas pistas com seis faixas de rolamento, revitalizada, com novo asfalto, e nova sinalização viária, além do sistema de transporte público. O valor total é de R$ 13 milhões e a entrega está prevista para o segundo semestre deste ano.

Os 62 módulos (cada um contendo 4 metros) de abrigos de ônibus, em toda a extensão da via, já foram instalados, totalizando os 46 pontos de parada, distribuídos nos dois sentidos. O tamanho da parada, ou seja, a quantidade de módulos instalados em cada local, foi definida de acordo com o fluxo de circulação de pessoas.

As baias de concreto que estão sendo construídas evitam a deformação do pavimento, tendo, consequentemente, uma maior durabilidade, com previsão mínima de 20 anos. Além disso, uma faixa preferencial para o transporte público de passageiros está sendo implantada, com o objetivo de dar maior fluidez e qualidade para os usuários do transporte coletivo. A faixa, sinalizada com uma demarcação azul, terá horários específicos de funcionamento.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade