Região de Capão da Canoa com sinal deAlerta emitido pelo governo do Estado

O governo do Estado, após reunião do Gabinete de Crise nesta terça-feira (25/1), emitiu Alertas para as 21 regiões Covid do Sistema 3As de Monitoramento, responsável pelo gerenciamento da pandemia no Rio Grande do Sul. A decisão foi tomada com base na piora dos indicadores, algo já visto também na semana passada.
Em 19 de janeiro, o Gabinete de Crise emitiu Alertas para todas as regiões, incluindo Capão da Canoa, a qual pertencem Santo Antônio da Patrulha e Caraá. Nesta terça-feira (25/1), foram mantidos os Alertas diante do deterioramento dos indicadores nessas regiões e emitidos novos Alertas à outras regiões, incluindo Taquara. “Estamos em um nível de preocupação alto devido ao aumento de casos e de internações”, afirmou o governador Eduardo Leite. A equipe técnica do Grupo de Trabalho (GT) Saúde observou que, nesta terça-feira (25/1), foram registrados no sistema da Secretaria da Saúde (SES) 19 mil novos casos de Covid-19 e 50 óbitos pela doença.
A taxa de ocupação das UTIs no Estado, por sua vez, está em 60,9%, um aumento de 13 pontos percentuais em 2022. Além disso, o número de internados, entre suspeitos e confirmados, aumentou em 697.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade