PSDB de Caraá rompe aliança com Progressistas

O prefeito de Caraá anunciou, através de Nota Oficial, o rompimento da coligação com o Progressistas que tem como vice-prefeito o vereador Djalmo Ribeiro. Na Nota, Magdiel Silva enumera as razões que o levaram a tomar esta decisão:
“NOTA OFICIAL
Desde que começamos a elaborar o projeto para disputar a eleição majoritária de Caraá, deixamos claro que representamos um anseio de mudança da população caraense. Mudar não apenas no nome do candidato ou no número do partido, mas mudar por um método de trabalho diferente, com um ritmo mais forte e com a proposição de um modelo de gestão eficiente.
Com esses princípios como base, dialogamos e chegamos a um consenso com os Progressistas, que indicaram o então vereador Djalmo Ribeiro a vice-prefeito. No período eleitoral reafirmei minha disposição de fazer diferente e representar o sentimento que já havíamos identificado e que era demonstrado por cada cidadão a cada troca de ideias olho no olho.
Juntos, vencemos as eleições. Na Câmara de Vereadores, o PSDB elegeu três vereadores e os Progressistas dois.
Com o início do nosso governo, deixei claro que nossas diretrizes seguiriam as mesmas, com o Plano de Governo como nosso Norte e nosso guia no Poder Executivo. E independente dos nomes que cada grupo político indicaria para compor as secretarias, reafirmei que o trabalho a ser desenvolvido era a prioridade.
Infelizmente esse alinhamento, que é necessário em todo e qualquer grupo de trabalho, não foi duradouro. Enfrentamos inúmeras dificuldades, principalmente com o vice-prefeito, que se mostra refém de um tipo de política do qual não compactuo.
Com o decorrer do tempo, identificamos que a forma de trabalhar de cada grupo é muito diferente. Inclusive na Câmara de Vereadores, pois em algumas sessões assistimos falas de vereadores do PP beirando a oposição ao nosso governo (inclusive em debates nas áreas de secretarias lideradas por pessoas deles).
Mais de uma vez tentamos alinhar e não chegar a um rompimento, mas não tivemos sucesso.
Por estes motivos, a aliança entre PSDB e Progressistas chegou ao fim. Saliento que respeito todos os quadros que integraram o nosso governo até o momento e nos próximos dias vamos anunciar as mudanças no secretariado e avaliar os demais espaços de acordo com a competência de cada um.
Essa tomada de decisão se iniciou na sexta-feira (10), em decorrência de determinadas situações, mas somente colocada em prática após diálogo com a Executiva do meu partido, o PSDB, ocorrido na última segunda-feira (13) a noite, oportunidade que eu pude explicar os motivos e relatar episódios que me fazem tomar essa decisão, mas também escutar opiniões e acolher sugestões.
Seguiremos trabalhando de forma intensa, honrando cada palavra defendida no período eleitoral de 2020 em que levamos aos caraenses uma proposta de renovação. Essa ideia foi aprovada pelas urnas e seguiremos neste norte.

 

O PORQUÊ DO ROMPIMENTO

O prefeito disse que tem razões para tomar esta decisão: “Faz um ano e meio que estou tentando colocar o vice para trabalhar e ele não quer compromisso e nem assumir responsabilidades. O que vale para um vale para todos”.
Para explicar melhor, Magdiel afirma: “Já tentei rachar a Secretaria de Obras, não quis. Ofereci Secretaria de Saúde, também não. Departamento de trânsito, também não. Logística da educação, também não. Ajudar na Assistência Social, também não. E o pior de tudo, acha que não pode ser cobrado para trabalhar”, desabafou.
CARGOS
Perguntado a respeito dos cargos do Progressistas existentes na atual administração, o prefeito disse: “Serão exonerados gradualmente, começando pelos secretários e com avaliação técnica dos demais cargos”.
Devem deixar seus cargos os secretários André Rolante da Saúde e Marco Vinícius da Agricultura.
Assumirão Telmo Oliveira na Saúde, Lígia Garcia na Educação e Marcelo Pacheco provisoriamente a Agricultura, até que seja encontrado alguém com capacidade para desenvolver o trabalho, explica o prefeito.
Sandra Ávila que estava como coordenadora da Educação, será direcionada para outra função a ser designada pela nova secretária.

 

VICE E PROGRESSISTAS SURPRESOS

Ao serem procurados para se manifestarem sobre a decisão tomada pelo PSDB caraense que é presidido pelo prefeito municipal, tanto o vice, Djalmo Gomes Ribeiro, como o presidente do Progressistas, que é o atual secretário da Agricultura Marco Vinícius de Fraga Teixeira se disseram surpresos com a tomada de decisão sobre rompimento da coligação. Djalmo prefere se manifestar após a publicação da matéria ao passo que Marco Vinícius disse que o Partido será ouvido hoje, quinta-feira, para só então se manifestar. Mas deixou antever que, mesmo com a atitude adotada pelo prefeito, ainda existe possibilidade de diálogo para contornar a situação.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade