Procon entrega à Corsan Processo Administrativo Coletivo sobre a falta de água

Nesta segunda-feira (25/1), o secretário de Assistência Social, Cidadania e Habitação, Valdir Matos, e o coordenador do Procon, Fábio Preto, entregaram à Corsan Processo Administrativo Coletivo sobre a falta de abastecimento de água prolongada e de repetição. O Procon de Cachoeirinha já recebeu mais de 300 denúncias de desabastecimento de água desde o dia 19 de janeiro, principalmente nos bairros da zona norte da cidade.

De acordo com o processo, a Corsan tem até dez dias corridos para esclarecer as causas da falta de água e informar as soluções adotadas para sanar problema. Foi solicitado que a fornecedora também conceda desconto nas contas de água dos imóveis do município a cada mês em que houver a falta de abastecimento por rompimento da adutora e em percentual maior nos bairros mais distantes da fonte de fornecimento.

A prática de colocar no mercado um serviço impróprio ou inadequado ao consumo ao deixar de cumprir a prestação do serviço de abastecimento de água de forma eficiente, segura e contínua mostra-se lesiva ao consumidor, por isto o Procon ingressou com o Processo Administrativo Coletivo.

Na última sexta-feira, 22, o prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier, entregou a Advertência 001/2021 à Corsan cobrando providências com relação à falta de água, prevendo inclusive uma multa de até 2% sobre o valor arrecadado pela fornecedora no município nos últimos três meses anteriores à notificação

O Procon de Cachoeirinha é um dos poucos da Região Metropolitana que está com atendimento presencial durante a pandemia, muito embora os registros possam ser feitos preferencialmente pelo e-mail procon@cachoeirinha.rs.gov.br ou através dos telefones 3471-2835, 3439-1036 e 3041-7114. Para abrir um registro é necessário dados completos do titular do contrato, CPF, endereço e telefone de contato. Alguma fatura, recibo, nota fiscal ou contrato para confirmar vínculo.

Corsan trabalha para normalizar abastecimento em bairros de Cachoeirinha e Gravataí
A Corsan informou, no final da manhã de hoje (25/1), que estava consertando um problema de telemetria que prejudicou o abastecimento do centro de reservação do Vista Alegre, em Cachoeirinha. Como a estrutura não encheu devidamente, ocasionou desabastecimento em bairros de Cachoeirinha e Gravataí. A previsão era que o sistema normalizasse na tarde desta segunda. Caso isso não ocorresse, a estatal orienta os usuários a solicitar atendimento no site da Companhia, pelo aplicativo de smartphone ou ligar para o Corsan 24 Horas, no telefone 0800.646.6444.

A empresa também informou que estava trabalhando para normalizar a distribuição de água nos bairros São Luiz, Montebelo e Nossa Chácara, ocasionado por problemas elétricos no Estação de Bombeamento de Água (EBA) São Luiz. As duas cidades vivenciaram interrupções no abastecimento na semana passada, devido a rompimentos de uma adutora que impactaram o sistema de abastecimento, causando demora na normalização.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade