Prefeitura reúne dezenas de pessoas na 1ª Gestão Participativa de 2022

Em torno de 50 pessoas estiveram presentes à primeira reunião da “Gestão Participativa (GP) – Falaí, Gravataí”, organizada pela Secretaria Municipal de Governança e Comunicação Social (SGCOM) e Gabinete do Prefeito, na noite de quarta-feira (23/3), no CTG Chaleira Preta, na Morada do vale I. As GPs ocorrerão uma vez por mês, em diversos bairros, totalizando dez encontros até o final do ano. A próxima reunião será no dia 27 de abril, no bairro São Vicente, em local ainda a ser definido.

Com a presença de secretários municipais, líderes comunitários e moradores, o prefeito Luiz Zaffalon coordenou os trabalhos. De início, ele fez uma exposição das principais conquistas e realizações do governo nesse primeiro ano de gestão, com enfoque no crescimento econômico a partir dos novos empreendimentos que estão chegando à cidade.
“Não existe melhor ferramenta social do que a geração de emprego”, comentou Zaffalon, ressaltando o esforço que a administração municipal tem feito para atrair empreendedores.

Segundo Zaffalon, a administração, a partir de uma gestão com austeridade fiscal, gastando menos do que arrecada, tem feito importantes obras estruturais, especialmente na mobilidade urbana. “Gravataí acreditou em uma proposta política que se propunha a transformar a cidade, e é o que estamos fazendo, consolidando as conquistas que vinham ocorrendo no governo do ex-prefeito Marco Alba”, acentuou o prefeito.

Zaffalon citou o exemplo da ERS-020, no trecho das Moradas, que foi reestruturada pela Prefeitura, com nova pavimentação, sinalização viária e iluminação. Entre os avanços na área social, o prefeito destacou os investimentos em tecnologia na educação, com a instalação de 682 lousas digitais em todas as salas de aula das 76 escolas municipais e a compra de dois mil notebooks para os professores, e na área da saúde.

“O prefeito Marco trouxe para Gravataí a Santa Casa, instituição com 118 anos de atuação. Já inauguramos uma nova UTI, que passou de dez para 20 leitos, e agora está sendo construído um novo prédio, onde funcionou o Hospital de Emergência para Covid-19, com o primeiro andar destinado à emergência SUS e outros três andares para especialidades médicas”, relatou o prefeito.

A segunda parte da GP, após a apresentação do prefeito, foi destinada à participação dos moradores, que puderam encaminhar suas demandas e questionamentos diretamente aos secretários, que estavam ali justamente para dar as respostas e fazer encaminhamentos. “Foi muito bom esse primeiro contato com a comunidade após quase dois anos de pandemia, com o governo municipal ouvindo os moradores de maneira simples e direta, com a presença do prefeito Zaffalon, informando e ouvindo a todos”, comentou o secretário da SGCOM Airton Leal.

Na avaliação da chefe de Gabinete Mari Leia Bastiani, junto com o Conselho de Desenvolvimento Econômico (Codes), as GPs são uma forma de diálogo direto com a sociedade em que todos ganham. “Ganha a sociedade, que fica a par das ações do governo, e também o próprio governo, que consegue fazer a sua comunicação em uma ação de horizontalidade, de interação com as comunidades”, disse Mari Leia. “Fica aqui o convite para o próximo encontro, no dia 27 de abril.”

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade