Prefeito Zaffalon anuncia medidas de distanciamento social vigentes na cidade

Mesmo estando em bandeira preta, Gravataí, a partir da tarde desta terça-feira, 23, está adotando as regras da bandeira vermelha do Sistema Estadual de Distanciamento Controlado. A medida é possível por conta de uma negociação dos prefeitos da Região 10 (que compreende os municípios de Porto Alegre, Gravataí, Cachoeirinha, Viamão, Alvorada e Glorinha), feita, na última segunda-feira, com o governador Eduardo Leite, que mantém o Plano de Cogestão Regional.

As regras de distanciamento social adotadas possuem restrições de público e atividades e estão publicadas no decreto municipal nº 18.929, de 23 de fevereiro de 2021.

Mesmo respondendo pelas regras da bandeira vermelha, foi acatada a determinação estadual de que todos os estabelecimentos fiquem fechados das 20h da noite às 5h da manhã. Além disso, a área da educação foi incluída no sistema de cogestão. Sendo assim, a rede particular e escolas conveniadas poderão funcionar para todos os níveis da educação infantil e, ainda, para o 1º e o 2º anos do ensino fundamental. Já as aulas na rede pública municipal tem previsão de retorno em 1º de março.

Nas novas regras que estão em vigor, consta o fechamento dos espaços comuns de condomínios, como os salões de festas, eventos sociais e de entretenimento em buffets, casas de festa, casas noturnas, casas de shows, bares, pub e similares. No caso das igrejas e serviços religiosos, a permissão é para 20% da capacidade máxima do local, chegando ao teto de 30 pessoas.

No caso do comércio varejista, mercados, açougues, fruteiras, padarias e similares, a regra é que o atendimento presencial seja restrito para um cliente por seis metros quadrados de área útil de circulação, respeitando o limite do Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI). As modalidades de telentrega, drive thru e pegue e leve permanecem permitidas.

Responsabilidade de todos
Em live no início da noite desta terça-feira, 23, o prefeito Luiz Zaffalon ressaltou que há um grande esforço dos prefeitos da Região 10 para não fecharem totalmente a cidade, fazendo com que muitas pessoas passem dificuldades, sem trabalho e sem renda.

“Aqui, não queremos encontrar culpados para essa situação grave da pandemia que estamos atravessando. Queremos não transformar ainda mais grave, com o fechamento total. Por isso, dependemos da conscientização das pessoas e iremos fiscalizar com rigor para que as aglomerações não ocorram”, disse Zaffa.

Abertura de mais 12 leitos
Conforme o secretário municipal da Saúde, Régis Fonseca, a enfermaria do Hospital de Campanha está com o dobro da sua capacidade em pacientes internados. Os leitos de UTI também estão todos ocupados. Por conta disso, 12 novos leitos de enfermaria deverão ser abertos no Hospital Dom João Becker, exclusivos para pacientes com Covid.

No final da última semana, a Prefeitura de Gravataí, em um esforço para garantir o atendimento da comunidade, reabriu 15 leitos de enfermaria no Pronto Atendimento Municipal (PAM 24h). Destes, 80% também já estão ocupados.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade