POLÊMICA DO VALE-ALIMENTAÇÃO: Zezo se manifesta a respeito do assunto

Na semana passada, na edição da Folha Patrulhense, foi divulgada uma matéria sobre iniciativa do MDB mobilizando-se para tentar o retorno do Vale-Alimentação, tendo inclusive buscado subsídios junto ao prefeito de Osório. O prefeito Rodrigo Massulo disse que aquele benefício fora implantado no passado e não na gestão anterior como a Folha publicou em sua manchete, e depois retirado.
O ex-prefeito José Francisco Ferreira da Luz, que é pré-candidato a deputado estadual, enviou comunicado à reportagem da FOLHA PATRULHENSE para esclarecer o que houve, depois de ter lido a matéria na Folha.
CONTRADIÇÕES
O ex-prefeito disse acreditar que houve muitas contradições. “Mas como estou ligado nas administrações de SAP há mais de 20 anos explico: em 2002 eu era o prefeito, e meu vice era o Daiçon do MDB. Depois de cálculos feitos, e que seria muito justo, principalmente para o servidor que ganha menos, concedemos o vale-refeição, mas junto ao vale iniciamos um trabalho de valorização de todas as categorias”.
Exemplificando, Zezo disse: “O motorista que era padrão 04, passamos para 07 no plano de carreira, e assim foi em todas as categorias. Mas quem calculava, colocou no plano de carreira, algumas categorias ultrapassaram os limites, por exemplo, hoje, algumas categorias têm que cuidar, pois na reposição é nas vantagens, pode ultrapassar o salário do prefeito. Assim sendo, ficou na época impossível, e tiramos o vale-refeição, com muita dor”.
TENTATIVAS
Continuando, o ex-prefeito afirmou: “Em nosso último governo 2017/2020, o Daiçon Maciel da Silva prefeito, e eu Zezo vice-prefeito, desde o início de nosso governo tentamos fazer as reposições salariais justas, mas tendo em vista as condições financeiras da prefeitura, trabalhamos para, se possível, criarmos a Lei do Vale-refeição. Sempre conversei com o Prefeito Daiçon, e era eu como vice-prefeito que atendia o Sindicato dos servidores municipais, pois estava na nossa programação administrativa a criação do “Vale-Refeição.
Porém, a pandemia chegou, e não conseguimos realizar este sonho, meu, do Daiçon e do Marco Bicca presidente do sindicato”, prosseguiu Zezo.
APELO
Ao final, José Francisco Ferreira da Luz pediu aos 13 vereadores do município um trabalho conjunto “para que possamos realizar este sonho. Abraços a todos servidores, políticos e a sociedade”.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade