A morte de Osmar Portal de Souza aos 81 anos de idade dia primeiro de junho, levou consternação à família e amigos do conhecido patrulhense.
Osmar estava hospitalizado em Porto Alegre, depois de ter sido transferido em estado grave do Hospital de Santo Antônio da Patrulha na noite de 31 de maio depois de ter sofrido uma queda na residência onde morava na Rua Mostardeiros. O socorro inicial foi prestado pelo SAMU que compareceu rapidamente à residência da família.
Relata emocionada sua esposa Magda, que recebeu a reportagem da FOLHA PATRULHENSE, que Osmar, que ultimamente preferia permanecer no andar superior da casa, que ele havia descido com ela até o térreo da casa.
Instantes depois ele foi acometido provavelmente por uma convulsão, caindo no piso e sofrendo fratura no crânio.
A morte do conhecido patrulhense ocorreu no dia primeiro de junho, tendo sido velado na Capela Catelli.
O sepultamento ocorreu no dia dois de junho no jazigo da família, onde já estão sepultados seus pais.
TRAJETÓRIA
Osmar Portal sempre trabalhou no comércio, sendo que, com seu pai Saturnino Passos Portal, fundou a antiga Excelsior. Era casado há 57 anos com Magda da Luz Portal, a quem conheceu sete anos antes. O casal tem três filhos: Karime, Sandro e Rafael e os netos João Camilo, Pedro Henrique e Lorenzo Bernart Portal.
Magda relata com emoção, que sempre procurava estar ao lado do marido em todos os momentos. Osmar Portal deixa numerosos amigos, motivo pelo qual sua morte está sendo bastante lamentada, não só na comunidade local, como regional.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade