Nutricionista fala sobre equilíbrio nutricional em tempos de pandemia

Na edição de hoje da Folha Patrulhense, nossa entrevistada na área da saúde é a nutricionista Janusa Espindola Silva, formada em dezembro do ano passado.
Janusa que desenvolve sua atividade no Hospital de Santo Antônio da Patrulha e nos fala sobre nutrição, um assunto que está sempre na ordem do dia. Avaliando a população local e os pacientes por ela atendidos, afirma que hoje o seu público são pacientes portadores de variadas patologias, entre estas a Covid.
“São pacientes que muitas vezes apresentam inapetência e dificuldade em se alimentar, mas que necessitam de uma alimentação equilibrada, variada e saborosa a fim de manter o aporte nutricional e promover uma boa recuperação neste período de internação”.
A profissional destaca que, hoje em dia, atende todas as faixas etárias, porém o maior público são os pacientes idosos.
CRIANÇAS E ADOLESCENTES
Para Janusa, o problema nutricional de crianças e adolescentes se dá em virtude do consumo, muitas vezes exagerado, de determinados produtos amplamente divulgados em veículos de comunicação, especialmente a televisão. Devido à sua praticidade, acessibilidade, e também influência da mídia, estes alimentos de baixo valor nutricional ainda continuam sendo a preferência de crianças e adolescentes.
“Porém, vale ressaltar que esses alimentos consumidos em excesso são prejudiciais à saúde, aumentando as probabilidades deste público desenvolver doenças cardiovasculares e diabetes”.
CONTROLE ALIMENTAR
Vivemos um período de pandemia em que, especialmente a partir de março do ano passado, as pessoas tiveram que ficar mais em casa para evitar as contaminações. Evidentemente, isso gera problemas de ansiedade que, na maioria dos casos, resultam em alimentação fora dos padrões normais. Janusa diz acreditar que o equilíbrio seja o ideal: não proibir, mas evitar que se torne um hábito diário para que não resulte em problemas de saúde no futuro. Manter uma alimentação saudável, priorizando os alimentos naturais, integrais, frutas, verduras e legumes.
“Manter-se hidratado e realizar atividades físicas regularmente pode auxiliar, e também buscar auxílio de um profissional se necessário”, destaca.
DOAÇÕES DE CARAÁ
Recentemente, o município de Caraá fez uma doação de alimentos ao Hospital de Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia. Janusa salienta: “primeiramente, gostaria de agradecer em nome de toda a equipe do Hospital, ao prefeito Magdiel, aos vereadores, Supermercado União e todos os envolvidos na ação. Nos últimos tempos, recebemos um grande volume de doações de gêneros alimentícios, dentre os quais leite, arroz, legumes, verduras e água mineral, com as quais vamos poder beneficiar tanto os pacientes, com um aporte nutricional adequado e alimentação variada, como os profissionais da saúde, que desde o início da pandemia têm uma cansativa jornada de trabalho, atuando incansavelmente na linha de frente do combate à Covid-19, e precisam estar bem alimentados”.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade