Museu recebe medalha de 1901, doada por bisneto de Frederico Genehr

No dia 10 de novembro, Nilson Gilberto Fleck esteve no Museu Caldas Júnior e realizou a doação de uma medalha de 1901, recebida por seu bisavô, Frederico Genehr, em exposição realizada em Porto Alegre, devido à qualidade de sua produção de açúcar.
Frederico Genehr que nasceu em 09 de junho de 1863 e faleceu aos 90 anos de idade, no dia 07 de julho de 1953, foi um colonizador alemão pioneiro na localidade de Catanduva Grande, interior de Santo Antônio da Patrulha.
Dedicou-se ao cultivo da cana-de-açúcar e sua industrialização. Em 1905, foi agraciado com o 1º lugar: Medalha de Ouro – Honra ao Mérito, como iniciador da plantação e beneficiamento do açúcar a nível estadual.
Na pecuária, Frederico Genehr destacou-se na criação de gado holandês puro, importando reprodutores de fina linhagem, o que oportunizou lhe a participação em diversas exposições, na capital do Estado, onde mereceu premiações de destaque. Industrializava o leite na fabricação de queijo, orientado pelo técnico alemão J. Holsen. Na suinocultura, pela industrialização dos mais diversos tipos de embutidos e na criação de cavalos que eram comercializados e utilizados a serviço da lavoura ou meio de transporte. Na agricultura dedicou-se ao cultivo do arroz, que o levou a implantar o 1º Engenho de Descascação; do milho, que passou a ser industrializado em moinho próprio; da mandioca, edificando a 1ª Atafona da região; e do feijão, destacando-se no cultivo do feijão branco.
Frederico Genehr casou-se e teve seis filhos. Fixou moradia em Catanduva Grande, sendo que o primeiro automóvel da localidade pertenceu a Genehr. Está sepultado no Cemitério de Entrepelado, 3º Distrito, e por sua atuação e contribuição no desenvolvimento do município, em 1992 foi homenageado com a denominação de uma estrada: a Estrada Frederico Genehr, iniciando na estrada geral de Catanduva Grande, indo até o entroncamento, nas proximidades da Igreja.
O bisneto também doou ao acervo do Museu Caldas Júnior, além do estojo com a medalha, uma pasta contendo a biografia de Frederico Genehr, lei denominação da estrada, reprodução de fotografias, cópia da certidão de nascimento, cópia da carteira de trabalho e do diploma de participação da 1ª Feira Agropecuária do Rio Grande do Sul. Acervo que será exposto para visitação do público quando da reabertura do Museu.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade