MDB elege comissão provisória do núcleo MDB Diversidade e Inclusão em Gravataí

Em reunião na manhã do último sábado, 15, foi instalada a comissão provisória do Núcleo MDB Diversidade e Inclusão de Gravataí.
O nome indicado para a presidência do núcleo e confirmado no encontro foi o de Patricia Lisboa, pessoa com deficiência visual e militante do partido desde 2012.
A reunião contou com a participação de grandes nomes do MDB municipal e estadual, como a presidente do MDB municipal, Sonia Oliveira, o ex-prefeito Marco Alba e a deputada estadual, Patrícia Basotti, além da presença da presidente do MDB Diversidade e Inclusão do estado, Aiesa Pedroso.
A Presidente recém empossada, Patricia Lisboa falou da sua alegria por fazer parte desse momento histórico para o MDB Gravataí, e da certeza de contar com o apoio e a ajuda de importantes lideranças dos diferentes povos vulneráveis, membros do Núcleo. “Pra mim é uma honra representar a pluralidade também na vida política, eu espero, junto com todo o MDB, trabalharmos cada dia mais por àqueles que querem ser ouvidos, ressaltou.
Com mais de 40 anos de história, o partido é modelo na criação de um núcleo para agregar e debater as diferenças. O núcleo, que abrange cinco grupos, chamados vulneráveis: idosos, LGBTQIA, negros, pessoas com deficiência e povos de matriz africana.
De acordo com a presidente estadual do MDB Diversidade e Inclusão, Aiesa, o intuito do Núcleo é ser um espaço de pertencimento e de voz para todas as pessoas se sentirem representadas na política, sem distinção. “Não tem como falarmos de política sem falar de representatividade”, relatou. “A partir de hoje Gravataí é muito mais inclusiva, sendo modelo para outros municípios, é essa pluralidade que buscamos na política”, disse ainda.
A presidente Sonia Oliveira ressaltou a importância desse momento para o partido em Gravataí e reforçou que: “O MDB está sempre com as portas abertas para defender as políticas públicas para qualquer segmento.”
O ex-prefeito Marco Alba, que já foi vereador na cidade e deputado estadual por três mandatos, também reforçou a importância da criação do Núcleo para o município e destacou que: “O respeito é um direito e uma condição e cabe aos agentes políticos trabalharem ainda mais pelas pessoas que mais precisam”.
Sentimento compartilhado também pela deputada estadual e presidente do MDB Mulher Estadual, Patrícia Basotti, que lembrou da segregação que alguns grupos enfrentam e que essa barreira se torna menor com o fomento de espaços como o núcleo Diversidade e Inclusão.
Junto com Patricia, eleita presidente, também estão mais seis membros, entre eles o ex-vereador Airton Leal.
Também estiveram presentes o presidente da Câmara de Vereadores, Alan Vieira, o vereador Alison Silva, representante do vereador Claudecir Lemes e novos filiados ao MDB Diversidade e Inclusão.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade