Marília Mendonça e mais quatro pessoas morrem em queda de avião

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou na tarde de hoje (5/11) que a cantora Marília Mendonça está entre os mortos na queda de um avião de pequeno porte no distrito de Piedade de Caratinga, no município de Caratinga (MG). Segundo a assessoria de imprensa da cantora, o velório tem previsão para ocorrer a partir das 8 h de amanhã (6) e será realizado na Goiânia Arena, localizada na Avenida Fued José Sebba, em Goiânia. O horário poderá ser alterado em caso de atraso na liberação do corpo.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5/11) ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”, diz nota divulgada pela corporação.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais, os corpos das cinco vítimas do acidente já foram retirados da aeronave e levados ao Instituto Médico Legal (IML) em Caratinga. Além de Marília Mendonça, também morreram no acidente o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto da aeronave Tarciso Pessoa Viana.

Em nota, a assessoria da cantora informou que o avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. A cantora, que colecionava vários sucessos musicais e era conhecida como Rainha da Sofrência.

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, a corporação foi acionada às 15h30 para atender à ocorrência. Segundo ele, a aeronave tem prefixo PT-ONJ e caiu em uma região com cursos d’água, nas proximidades da BR-474. Até o momento, três corpos foram retirados do avião.

“Assim que as equipes chegaram iniciaram os trabalhos de desencarceramento e de acesso forçado [à aeronave]. Quando adentraram no interior, verificaram a existência de alguns óbitos, incluindo da cantora Marília Mendonça”, disse.

Agora há pouco a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou, por meio de nota, que o bimotor atingiu um cabo de uma torre de distribuição de energia antes de cair em uma cachoeira. “A Cemig informa que o avião bimotor que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da companhia no município de Caratinga”, informou a empresa, em nota. “A Cemig manifesta seu pesar pelas vítimas do acidente e presta solidariedade a familiares e amigos”.

Fonte: Agência Brasil

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade