Hospital de Santo Antônio da Patrulha promove campanha de doadores de sangue

“Hoje, mais do que nunca, essa campanha de arrecadação de doadores de sangue é importante devido ao agravamento das internações em decorrência do Covid-19”. A afirmação é da biomédica Juliana Jesus da Silva, responsável técnica do Laboratório do Hospital de Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Ela acrescenta que pacientes que internam principalmente na UTI, devido ao tempo longo de permanência, o quadro infeccioso acaba necessitando de transfusão de sangue e em virtude das restrições de acesso, os pacientes ficam com medo de irem até o banco de sangue fazer suas doações. “Os estoques têm se mantido bem abaixo do esperado e hoje, mais do que nunca, é importante que as pessoas se desloquem até o ponto mais próximo para fazerem a sua coleta de sangue”, justifica a biomédica.
ORIENTAÇÕES

Na próxima segunda-feira, quando se comemora o Dia Mundial dos Doadores de Sangue, será desenvolvida em frente ao hospital, a partir das 8h30min, uma campanha de conscientização e de informação, efetuando panfletagem, havendo até mesmo um boné com balões. “Por isso, quem tiver qualquer dúvida sobre doação de sangue como quem pode e quem não pode doar e quanto tempo deve existir entre uma doação e outra, pode ir até àquele local que as dúvidas serão esclarecidas, entregando material informativo, até porque teremos aqui no hospital a coleta de sangue”, explica a biomédica.

COLETAS AQUI NO SEGUNDO SEMESTRE

“Está previsto para o segundo semestre deste ano a execução de um projeto da Santa Casa que está apenas aguardando a aprovação da vigilância sanitária para a sua execução. As coletas vão começar a acontecer inicialmente em Porto Alegre para, após, serem feita aqui no nosso hospital, numa sequência de aproximadamente de 15 em 15 dias, quando haverá uma data marcada para que as pessoas possam fazer aqui sua doação sem a necessidade de irem a Porto Alegre”, afirma Juliana.
REQUISITOS PARA DOAÇÃO

A pessoa deve apresentar um documento com foto, ter entre 16 e 79 anos de idade (se tiver entre 16 e 18, deve estar acompanhada de um responsável maior de idade) e ter peso acima de 50 quilos.
PERÍODO PARA DOAÇÃO

O período entre cada doação é de dois a três meses. Mulheres devem realizar a cada três meses, devido ao período menstrual. Já os homens, podem doar sangue a cada dois meses. Isso para que depois de uma doação, o corpo possa se recuperar para efetuar uma nova coleta, que é em torno de 300/400 ml de sangue, o que varia de pessoa para pessoa. “Reforçando o que foi dito no começo, essas orientações a serem fornecidas na próxima segunda-feira são importantes para que, quando essas coletas começarem a ocorrer, possamos contar com um número constante de doadores, mantendo a corrente do bem, que é a corrente da doação de sangue”, conclui a biomédica Juliana Jesus da Silva, responsável técnica do Laboratório do Hospital de Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade