Formandos de Engenharia Civil da PUC/RS comemoram Jubileu de Ouro em Santo Antônio da Patrulha

“Parece que foi ontem! Moços e moças de diversas partes do estado se encontravam para a primeira aula do curso de Engenharia Civil da PUC/RS. E agora lá se vão 50 anos de formados!” A frase é do ex-prefeito de Santo Antônio da Patrulha, Daiçon Maciel da Silva, que em sua rede social expressou a emoção do reencontro para comemorar o Jubileu de Ouro.
Segundo ele, a data marcante não poderia passar em branco e por sua sugestão, Santo Antônio da Patrulha foi a cidade escolhida para receber os engenheiros da turma de 1971.
O local para o reencontro também não podia ser mais especial: o Estribo, Hotel Estância. “Não deu outra, todos saíram encantados com nosso município e com a beleza do empreendimento, que posso afirmar com muito orgulho veio para o Canto dos Guilhermes na gestão enquanto fui prefeito.

ENCONTROS DOS COLEGAS
Daiçon conta que após a formatura, a turma manteve 25 encontros anuais consecutivos. Depois, por um período se afastaram, alguns colegas “partiram para outro plano, o que nos entristece, mas, é a vida”, lamentou. No entanto, a tecnologia facilitou a reaproximação e dos reencontros, surgiu a vontade de eternizar suas trajetórias unidas pela Engenharia e eles escreveram um livro: FATOS, VIVÊNCIAS & HISTÓRIAS – 50 anos dedicados a Engenharia Civil. A obra foi lançada na noite de sábado, 23, no hotel Estribo.
Com a música dos Cantadores Açorianos e as poesias do Odilon Ramos, os engenheiros deixaram as lágrimas rolar e a emoção comoveu familiares e amigos que estavam presentes.

HOMENAGEM DAS ESPOSAS
As esposas os surpreenderam com uma linda homenagem e o cantor, Victor Hugo (ex-secretário de Estado da Cultura), também presenteou a todos com seu talento. A ex-Primeira Dama, Aglaé Regina da Silva falou sobre a admiração ao esposo, engenheiro dedicado e amante da profissão. Sentimento compartilhado pelas demais companheiras dos homenageados.
O entusiasmo dos engenheiros com 50 anos de carreira reforçou os laços de amizade e amor pela Engenharia. Além disso, sinalizou a continuação dos encontros e a expectativa de novas obras literárias.
“Foi um final de semana de alegrias e nostalgia, que muito me fez refletir sobre o maior bem que a vida pode nos dar: o AMOR. Quando plantamos amor, colhemos amizade e prosperidade! Façam isso!”, recomendou o engenheiro ex-prefeito Daiçon Maciel da Silva.

Texto: Viviani Silveira

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade