Fiscalização recebe numerosas denúncias de violação do decreto de lockdown

Hoje pela manhã (07/03), a fiscalização da prefeitura apoiada pela Brigada Militar, flagrou dois açougues onde era vendido o produto, mas de forma irregular, ou seja: entregando no veículo onde o consumidor aguardava, o que configura violação do decreto, porque a intenção no lockdown, conforme explica a fiscalização, é a de impedir que as pessoas saiam de casa e que recebam o que necessitam pelo sistema de tele-entrega, o que nesses dois casos não estaria ocorrendo. Mesmo notificados, os proprietários têm prazo de 15 dias para recorrer.
Na Lagoa dos Barros, onde está o secretário Lucas Kellermann, do Governo, Gestão e Planejamento, ontem houve muita gente querendo ficar no balneário e até mesmo alguns instalando barracas, mas foram orientados a deixarem o local, após serem informados da proibição em virtude do decreto municipal. O apoio ontem, foi da Brigada Militar. Agora pela manhã o movimento é relativamente tranquilo naquele balneário. O apoio hoje é do Corpo de Bombeiros Militar.
De acordo com a coordenadora da fiscalização municipal Taciana Beluco, na sede e no interior, a fiscalização recebeu numerosas denúncias, especialmente de aglomerações nas ruas e de festas clandestinas.Este trabalho continuará ininterruptamente até à meia noite de amanhã, segunda-feira.
Houve denuncia também de que uma loja de rede que estaria atendendo durante o dia de ontem, mas com portas fechadas. A fiscalização não conseguiu entrar no prédio porque, mesmo tendo o apoio da Brigada Militar, não ouviu movimentação dentro do estabelecimento comercial, sendo necessário, conforme explica a fiscalização, que os fiscais comprovem visualmente a possível irregularidade.
Outro problema enfrentado pela fiscalização é o do número reduzido de fiscais. No caso de Santo Antônio, dos quatro fiscais, um está em licença médica, outro fica ao telefone para receber as denúncias e os outros dois têm que se dividir e os outros dois têm que se dividir entre a sede e o onterior.
Conforme o secretário Lucas Kellermann, a situação foi solucionada de forma emergencial com o apoio de fiscais do trânsito, cedidos pel secretário de Obras, Trânsito e Segurança. Jorge Eloy de Oliveira.

A foto mostra a atualização da fiscalização na praia da Lagoa dos Barros hoje.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade