Espetáculo multipremiado da Rococó Produções inicia suas atividades na Lei Aldir Blanc em Gravataí

O Projeto “De La Mancha – Desdobramentos Culturais” foi contemplado no edital Saberes e Fazeres Culturais da SMCEL Gravataí

O projeto de Circulação do Multipremiado espetáculo teatral ‘De La Mancha: O Cavaleiro Trapalhão’, da Rococó Produções Artísticas e Culturais, foi contemplado no edital Saberes e Fazeres Culturais através da Lei Aldir Blanc pela SMCEL – Gravataí para circulação Municipal. O projeto proposto pelo artista Roger Santos, irá realizar apresentações teatrais, bate-papo com os espectadores, oficinas de contação de Iluminação Cênica, tradução em LIBRAS, Registro em vídeo e fotos e diversas outras ações de modo virtual contando com a parceria de Instituições de Gravataí. “O projeto De La Mancha Desdobramentos Culturais é de grande importância para o fomento da cultura na cidade de Gravataí visto que o espetáculo De La Mancha trás para a cena uma obra de mais de 400 anos, com uma roupagem totalmente atual, colocando em pauta assuntos muito pertinentes na sociedade, estimulando o debate com o público através do bate-papo que ocorre logo após o espetáculo. Além disso, o projeto traz uma oficina que busca desconstruir a ideia de que só deve fazer teatro os artistas, promovendo acessibilidade e diálogo com as escolas da cidade”, relata o proponente, Roger Santos. Entre as Instituições que confirmaram participação estão as Escolas – Morada do Vale I, Santa Ana e Heitor Vila Lobos.

Serviço
Plataforma de Exibição: Youtube

Datas e Horários das Transmissões:
16/6
1-Das 8h às 09:10
2-Das 09:10 às 10:20
3-Das 13h às 14:10
4-Das 14:10 às 15:20

17/6
5-Das 8h às 09:10
6-Das 09:10 às 10:20
7-Das 13h às 14:10
8-Das 14:10 às 15:20
9-Das 19h às 20:10

18/6
10-Das 8h às 09:10
11-Das 09:10 às 10:20
12-Das 13h às 14:10
13-Das 14:10 às 15:20
14-Das 19h às 20:10

Sinopse
Essa é a história de Dom Alonso Quijano um homem que cresceu em La Mancha uma região bem no centro da Espanha. Ele amava os livros de cavalaria e queria ser cavaleiro andante e por isso, pôs em si mesmo o nome de Dom Quixote de La Mancha, um cavaleiro muito trapalhão que em nome de sua amada Dulcinéia de Toboso, anda pelas estradas montado em seu cavalo Rocinante e acompanhado por seu fiel escudeiro Sancho Pança, em busca de aventuras, lutando contra gigantes, dragões, bruxas, exércitos e feiticeiros.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade