Encontro de Motorhome tem mais uma edição, entretanto com público reduzido

Desde meados da semana passada, vários carros de motorhome começaram a chegar a Santo Antônio, o que chamou a atenção de quem transita pela cidade baixa. No entanto, como afirma o organizador Nelson Samambaia, o número é bem inferior ao registrado em eventos anteriores. Ele atribui isso ao pouco tempo para convidar parceiros, ao tempo em que todos estiveram parados devido à pandemia, dentre outros fatores. Até ontem haviam dado entrada no Parque Caetano Tedesco, pouco mais de 20 carros.
Os ocupantes que estão chegando, vem para participar de mais um tradicional encontro dos que, em período de aposentadoria, desejam curtir a vida, optando por viajar por pontos pré-escolhidos de todo o país e exterior em busca de lazer. Assim, quem gosta do frio do Sul, circula entre este Estado e os demais da região Sul. Ou então dão uma “esticadinha” aos países do Mercosul. Mas há quem prefira, no inverno, buscar os locais de calor e assim rodam em direção ao Nordeste.
E Santo Antônio tem sido um dos pontos preferidos pelos que gostam do frio, da boa acolhida, da hospitalidade patrulhense e da boa gastronomia local, além dos produtos tradicionais, como a cachaça, o sonho e a rapadura.
Os eventos, inicialmente tinham na coordenação a prefeitura, mas de uns anos para cá, esta atribuição cabe ao patrulhense Nelson Samambaia, um dos grandes entusiastas desta modalidade de encontro que congrega amigos dos mais diferentes pontos do Brasil.
E como afirmam Altamiro Bitencourt, que é de Joinville e José Floriano Silva que veio de Garuva, município também de Santa Catarina, é o momento da confraternização e também de fazer novos amigos.
E destacam o trabalho que Nelson promove para sedimentar, cada vez mais, este salutar convívio, pois terminam se irmanando com os moradores locais, retribuindo a hospitalidade.
Para o comércio local, também é tempo de aquecimento de vendas quando os grupos passam por Santo Antônio, pois sempre querem levar lembranças, desde os produtos tradicionais, até vestuário, porque o inverno está prometendo ser bem rigoroso.
Nelson e esposa Nara, elogiam o desempenho do prefeito Rodrigo Massulo e do secretário Canário que já há algum tempo o procuraram, interessados em que estes eventos voltem a acontecer em Santo Antônio.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade