Em dia de Varal Solidário, Prefeitura entrega mais de 2 mil agasalhos

Em busca de aquecer a quem mais precisa, a Prefeitura de Gravataí, por meio do Gabinete da Primeira-Dama e da Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS), promoveu, nesta quarta-feira, 28, o Varal Solidário. Durante todo o dia, a comunidade pôde retirar roupas de lã, casacos, calças, blusas, mantas e sapatos. De acordo com a SMFCAS, ao longo das sete horas de atividade, mais de 2 mil peças foram doadas.
O prefeito Luiz Zaffalon acompanhou a ação durante uma parte da manhã. Interagindo com as pessoas, ele ajudou na escolha das peças e comentou sobre a importância da solidariedade. “Queremos, cada vez mais, que todas as pessoas se sintam pertencentes a Gravataí e isso se reflete no ajudar àqueles que mais precisam neste momento. O frio está intenso e aquecer quem está em situação de vulnerabilidade social é um ato de cidadania.”
A primeira-dama Marlene Zaffalon, que esteve durante a tarde acompanhando o varal, destacou a importância do evento. “Assim como arrecadamos, queremos que as peças cheguem o mais brevemente nas pessoas. O frio está muito intenso e o varal foi pensado exatamente para isso. Hoje, a comunidade pôde chegar e retirar as peças de acordo com a sua necessidade”, disse Marlene.
A Campanha do Agasalho 2021 é uma parceria entre o Gabinete da Primeira-Dama e a SMFCAS e já arrecadou, desde maio, mais de 70 mil peças. O secretário municipal da SMFCAS, Luís Stumpf, lembrou que não é o momento de recuar. “Nós seguimos precisando de doações, assim que as peças chegam, elas são doadas. Até agora, mais de 50 mil já foram entregues, isto porque apenas roupas de inverno estão sendo repassadas à comunidade”, destacou Stumpf.
Ao longo do dia, centenas de pessoas passaram pela Praça da Bíblia para retirar as suas doações, como foi o caso de Vera Martins, de 49 anos, que está morando na rua há cinco meses com o filho e aproveitou para escolher algumas peças de roupas e cobertas no Varal Solidário. Adulto e com deficiência intelectual, o jovem e a mãe não se adaptam à hospedagem na Casa do Bem, e preferem ficar nas ruas do centro. “Ter essa chance de escolher roupas limpas, aqui na praça, é muito bom. Na rua é muito frio e essa coberta quentinha é uma maravilha de Deus”, disse Vera, que também escolheu meia, manta, calça e casacos.
Mais informações sobre onde doar e como receber as peças podem ser obtidas pelo telefone 3600-7007.
Pontos de arrecadação da Campanha do Agasalho: The Surf; Atacadão; Maxxi Atacado; Super Borges; Vancosty; Rissul; Sesc; Escola Dom feliciano; Colégio Gensa; Acigra;
Câmara de Vereadores; Lojas Winki; Corpo de Bombeiros; Colégio São Francisco; UBS Cohab A; Faculdade QI; Yazigi; Lojas Paludo; Massaroca.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade