Desde o início do ano, o Comitê de Solidariedade já distribuiu cerca de seis mil cestas básicas

O Comitê da Solidariedade distribuiu, até o momento, um total de 6.047 cestas básicas. A ação, promovida pela Prefeitura de Gravataí, sob a coordenação do Gabinete do Vice-Prefeito e realização da Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS), nasceu com o objetivo de estimular a solidariedade em meio à pandemia da covid-19.
“Quando falamos de ajuda, doação e solidariedade ninguém melhor que o gravataiense para atender e ajudar as pessoas que precisam. Nessa campanha, em especial, muitas pessoas estão divulgando e ajudando a espalhar a informação para que isso se transforme em alimento e ajude pessoas que tanto precisam neste momento de pandemia”, disse o prefeito e presidente do Comitê de Solidariedade, Dr. Levi Melo.
Dr. Levi contou que essa campanha tem o propósito de ajudar aqueles que estão precisando de acolhimento. ”A população de Gravataí, sempre solidária, amorosa e preocupada com o próximo, abraçou o projeto e está contribuindo”, destacou.
Desde janeiro, a atual gestão já vem fazendo a distribuição dessas cestas às famílias credenciadas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). A distribuição das cestas acontece por meio de um processo de análise feito pelos profissionais da Assistência Social para que a doação seja encaminhada às famílias que de fato estejam em estado econômico crítico, enquadrando-se, assim, nas especificações que o programa exige.
A distribuição de cestas básicas para a população ocorre por meio dos Cras Anita, Barnabé, Centro, São Judas Tadeu e Manoel Barbosa, que atuam de acordo com o Sistema Único de Assistência Social (Suas), instituído pela Lei nº 12435/2011.

Vacina Solidária, uma dose de esperança
Além dos empresários locais, a população de Gravataí segue contribuindo com o Comitê de Solidariedade através da Vacina Solidária. A iniciativa é um convite à empatia, principalmente neste momento em que tantas famílias estão sendo impactadas pelas medidas de isolamento social, necessárias no combate ao coronavírus.
“Já conseguimos muitos alimentos e pedimos àqueles que podem doar que levem arroz, feijão ou uma lata de óleo nas unidades de saúde do município. A campanha não acarreta nenhum prejuízo à vacinação. A doação é voluntária. É um pedido de ajuda e solidariedade às pessoas que perderam seus empregos, sua renda familiar e estão com dificuldades econômicas”, explicou Dr.Levi Melo.
A prestação de contas das doações recebidas e entregues é atualizada, em tempo real, e estão detalhadas no site da Prefeitura de Gravataí.
Acesse o link https://sites.google.com/a/gravatai.rs.gov.br/gvp/

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade